Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

Sem Nelson Lacerda, Comercial busca um recomeço

Conselheiros do Leão indicam Ademir Chiari e Brenno Spinelli como os comercialinos que têm perfil de presidente

| Jornal A Cidade

Milena Aurea/A Cidade
O empresário Ademir Chiari é uma das opções para assumir a presidência do clube. (Foto: Milena Aurea/A Cidade) 

A renúncia do presidente Nelson Lacerda, oficializada na noite de anteontem, e a iminência do fim do contrato com a Lacerda Sports, inicialmente previsto para se encerrar em 2035, acelerou o processo de sucessão presidencial no Comercial. Ao compasso em que estudam o fim do acordo com a empresa, os conselheiros já discutem nomes para assumir a principal cadeira diretiva do clube.

O advogado Brenno Spinelli, que presidiu o Comercial entre os anos de 1978 a 1980, e o empresário Ademir Chiari, que ocupou o cargo de diretor de esportes durante a gestão de João Batista de Campos, de 1997 a 1998, surgem como possíveis sucessores de Lacerda.

“Estamos decidindo em grupo qual seria o nome de consenso. Essa conversa se arrasta há algum tempo desde o momento em que a imagem do Lacerda [Nelson, ex-presidente] vem se arranhando”, afirmou Chiari. O empresário de 60 anos tem recebido manifestações de apoio para lançar sua candidatura à presidência do Comercial. “Existem pessoas interessadas em assumir o Comercial.

Se eu pudesse votar, indicaria o Ademir [Chiari], acredito que seja um nome de consenso”, afirmou David Isaac, que assumiu interinamente a presidência do Comercial. Com a saída de Lacerda, Isaac terá a missão de marcar uma nova eleição presidencial até o dia 17 de agosto.

Presidente do Comercial entre 2010 e 2011, Rangel Scandiuzzi também declarou apoio a Chiari. “É uma pessoa capacitada, daria total apoio a ele. O Comercial estaria muito bem servido”, disse Scandiuzzi.
Alegando compromissos profissionais, Chiari admite dificuldades para lançar candidatura à presidência do Comercial, mas não descarta a hipótese de suceder Lacerda.

Milena Aurea/A Cidade
Advogado Breno Spineli é possível sucessor de Lacerda. (Foto: Milena Aurea/A Cidade) 

“Tenho vontade de assumir a presidência, mas o maior problema é que não tenho disponibilidade para me dedicar ao Comercial em tempo integral. Temos que formar um grupo que tenha condições de tocar o clube”, comentou o conselheiro comercialino.

Spinelli se mostra cauteloso

Pressionado por conselheiros, que se mostraram favoráveis ao seu retorno à presidência do Comercial, Brenno Spinelli preferiu adotar um discurso cauteloso. “Fui bastante pressionado no sentido de definir [a candidatura à presidência], mas preciso ver a situação de momento, não há condição de antecipar qualquer coisa. Fico envaidecido, mas apesar da pressão que se faz, isso não significa que esse será o caminho. Não vamos pular etapas”, ponderou o advogado de 64 anos.

O ex-vice-presidente Jorge Rodini traçou o perfil ideal para o futuro presidente do Comercial. “Os dois são bons nomes [Ademir Chiari e Brenno Spinelli], precisamos de alguém experiente que tenha característica de aglutinar forças e que saiba delegar poderes. Esse seria o candidato da minha preferência”, afirmou Rodini.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Mais do ACidade ON