Giro entrevista o empresário Luís Fernando Câmara, da Vox2you

Jovem de Cravinhos começou no empreendedorismo aos 11 anos, com a venda de picolés; empresa tem Eike Batista na sociedade

    • ACidade ON
    • Juliana Rangel
Murilo Corte / ME
O empresário Luís Fernando Câmara (Foto: Murilo Corte / ME)

 

Trajetória de sucesso
O jovem empresário Luís Fernando Câmara, natural de Cravinhos, começou a sua história de empreendedorismo aos 11 anos, quando começou a vender picolés nas ruas. Foi aos 17 anos, que abriu o seu primeiro negócio – uma farmácia. E não parou por aí. Hoje é sócio-fundador da empresa de oratória Vox2you, que tem na sociedade Eike Batista, um dos maiores empreendedores do Brasil. Na entrevista a seguir, ele fala da sua história e de como chegou até o homem que já foi um dos mais ricos do País.

Giro: Você tem uma história de empreendedorismo. Como foi pra você aos 17 anos vender um carro da família para abrir o seu primeiro negócio?
Luís Fernando Câmara: Foi um desafio. Começamos uma pequena farmácia com muita escassez de capital e, quando você não tem dinheiro para investir, aprende a fazer mais com menos, a se dedicar mais. Nas farmácias trabalhei por 6 anos das 8h à meia-noite, todos os dias, sem folgas, incluindo ano-novo e feriado.

E de empresa de vendas para oratória? Como foi isso?
A oratória nasceu após uma outra empresa de vendas diretas que montei quando tinha 19 anos. O meu atual sócio já dava aulas de oratória, foi em uma reunião com minha equipe e identificou que os colaboradores precisavam de oratória para melhorar as vendas. Depois, começamos a vender treinamentos de oratória em 2013 até se tornar escola em 2015.

Você vem de família humilde. O que levou você a buscar o sucesso profissional? De onde veio essa força de vontade?
Sim, vendi sorvete nas ruas com 11 anos de idade e sempre trabalhei e gostei de trabalhar com negócio próprio. Isso foi me forçando a buscar aprender com outros empreendedores e pessoas de sucesso, pois nunca tive nenhuma referência empresarial na família ou por perto. Por isso, busquei bater nas portas de muita gente que admirava e muitos empreendedores não me deram tanta atenção. Foi aí que busquei aprender com Eike Batista.

Hoje, você domina a oratória. Qualquer pessoa pode perder a timidez e se tornar um bom comunicador em público?
Qualquer pessoa, obviamente que em níveis de dificuldades diferentes. Mas com bastante treino, prática e disciplina, qualquer um pode e deve adquirir essa habilidade.
Qual a dica que você dá para aqueles que querem interagir mais com as pessoas?
As pessoas não têm medo de falar com as pessoas, e sim de “falhar” com as pessoas. Eu recomendo que tenham coragem de se expor mais, de ouvir “nãos” e também de aprender algumas técnicas como linguagem corporal, modulação de voz e falar com entusiasmo.

Hoje, o empresário Eike Batista é um dos sócios da empresa. Como foi essa aproximação?
A aproximação começou quando busquei referências empresariais, inicialmente interagindo nas redes sociais. Depois, ele me recebeu no Rio em 2009. Com muita humildade sempre me atendeu e me deu dicas, é um empreendedor que sempre gostou de projetos que transformam o Brasil e as pessoas. Quando apresentei o projeto para ele, Eike ficou encantado com os resultados dos nossos alunos, treinamos sua equipe e aí ele apostou no nosso produto. Sua visão empresarial agrega muito valor à nossa empresa.

O que mudou depois que ele entrou na sociedade?
Para nós foi uma realização, mas ainda temos muito o que fazer, muito trabalho pela frente. Ele agrega muito porque faz com que nosso negócio fique cada vez mais profissionalizado, objetivo e eficaz. Ele tem muita experiência no âmbito empresarial de grandes empresas, sempre opina, oriente e discute sobre estratégias mais eficazes.

Quais os planos de expansão a partir de agora?
O plano é expandir gradativamente, com solidez e fazendo com que o franqueado tenha resultados transformacionais. Nossa meta é abrir mais de 500 franquias nos próximos oito anos. Queremos levar esse método inovador de ensinar a falar em público para todo o Brasil.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.