Ribeirão quer gestão do lixo junto com municípios da região Ribeirão quer gestão do lixo junto com municípios da região

Ribeirão quer gestão do lixo junto com municípios da região

Municípios da região de Ribeirão Preto analisam o modelo de gerenciamento do lixo adotado na França

(Foto ilustrativa: Gabriel Jabur/Agência Brasília)
 
O Consórcio de Municípios da Mogiana (CMM), que conta com a participação de Ribeirão Preto, estuda a concessão do gerenciamento do lixo urbano nas cidades da região por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada). 

LEIA MAIS - Prefeitura de Ribeirão Preto cria taxa para coleta de lixo
 
Segundo a Prefeitura de Ribeirão Preto, o projeto está em fase de estruturação e há a expectativa de que uma empresa para consultoria técnica seja contratada na primeira quinzena de 2022, dando início ao trabalho de análise da documentação que deve ser entregue pelos municípios integrantes do consórcio até o dia 20 de dezembro.  

O projeto conta com apoio técnico e operacional da Caixa Econômica Federal, por meio do Fundo de Apoio à Estruturação de Projetos de Concessão e Parcerias Público-Privadas da União, dos Estados e dos Municípios (FEP Caixa).  

No último mês de maio foi celebrado um contrato entre o CMM e o FEP Caixa para prestação dos serviços técnicos especializados para a estruturação do projeto. Desde então, tem sido realizadas reuniões para o intercâmbio de informações e documentos entre as partes.  

Neste período, os municípios também participaram de capacitações e treinamentos sobre Parceiras Público-Privadas no setor de resíduos sólidos urbanos. O modelo analisado é o mesmo adotado na França.  

Além de Ribeirão Preto, fazem parte do consórcio Aramina, Barrinha, Brodowski, Buritizal, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guará, Guariba, Igarapava, Ipuã, Itapuí, Itirapuã, Ituverava, Jaboticabal, Jardinópolis, Luiz Antônio, Miguelópolis, Mococa, Orlândia, Patrocínio Paulista, Pirangi, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Rincão, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santa Lúcia, Santa Rosa de Viterbo, Santos Antônio da Alegria, São Joaquim da Barra, São José da Bela Vista, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho, Tambaú, Tapiratiba, Taquaritinga, Trabiju.  

LEIA MAIS - Consórcio planeja construção de aterro sanitário em Ribeirão
 
(Foto de arquivo: Amanda Rocha / ACidade ON)


Mais Notícias

Mais Notícias