18 de abril de 2024
- Publicidade -
Viu essa?

Filho de Gal Costa acusa Wilma Petrillo; entenda

Batalha judicial entre Gabriel e Wilma tomaram novos rumos

Filho de Gal e Wilma (Foto: Reprodução/Globo)

A batalha judicial entre Gabriel Costa e Wilma Petrillo ganhou novas versões desde que o “Fantástico” (EPTV/TV Globo) expôs, no último domingo (31), a guerra entre o filho e a ex-empresária da cantora Gal Costa. Nesta terça-feira (2), uma novidade surgiu na mídia: o jovem acusa a ex-empresária de sua mãe de tê-lo envenenado com o uso de remédios controlados e de estar envolvida em constantes ameaças.

Na ação protocolada em 31 de janeiro, Gabriel alega que era obrigado por Wilma a consumir medicamentos controlados que resultaram em um abalo psicológico, perda de noção da realidade e comprometimento de sua capacidade cognitiva. Ele afirma que, durante esse período de “envenenamento”, a empresária o coagiu a assinar documentos e escrever cartas concedendo vantagens à ex-companheira de sua mãe na herança.

“Desde o falecimento da de cujus, o requerente foi submetido por Wilma Teodoro Petrillo a ingerir medicamentos controlados fornecidos por ela, o que resultou em um severo abalo psicológico, redução significativa de sua capacidade cognitiva e interrupção de suas atividades escolares”, relata a defesa do jovem.

LEIA TAMBÉM

Eliana, Xuxa e Angélica vão apresentar programa juntas?

O que é o transplante de sobrancelha que a esposa de Thammy Miranda fez?

- Publicidade -

Esta argumentação é embasada pelo fato de que Gabriel escreveu uma carta, em julho de 2023, poucos dias após completar 18 anos, na qual afirmava que Gal e Wilma mantinham uma relação estável e duradoura, considerando ambas como mães. No entanto, Gabriel agora contesta a veracidade dessa carta, alegando que a escreveu sob efeito dos medicamentos e, portanto, solicita sua anulação. Ele também afirma que Wilma entregou-lhe um texto pronto para ser copiado à mão e anexado ao processo.

Os advogados de Gabriel argumentam que ele passou a se consultar com profissionais médicos assim que completou 18 anos, observando uma melhora gradual em seu estado psicológico após interromper o consumo dos medicamentos administrados por Wilma.

No processo, Gabriel requer que a carta escrita sob efeito dos remédios seja desconsiderada pela Justiça, assim como a revogação da declaração que reconheceu o vínculo de união estável entre Gal e Wilma. Ele solicita ainda uma nova audiência, agora como maior de idade e com assistência jurídica.

- Publicidade -
Rafaela Viveiros

administrator
Formada em Jornalismo pela Universidade Paulista (Unip). Jornalista do Grupo EP, repórter do Tudo EP, está no portal desde 2021 e possui experiências com produção de matérias para os portais, edição de vídeos, imagens e criação de conteúdo para as redes sociais.
- Publicidade -
Loading poll ...
plugins premium WordPress