- Publicidade -
CotidianoEstado de São Paulo lidera violências cometidas contra crianças no Carnaval

Estado de São Paulo lidera violências cometidas contra crianças no Carnaval

De acordo com o ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, foram 1.596 denúncias recebidas por meio do Disque 100

- Publicidade -

Com informações da Agência Brasil

São Paulo foi o estado com o maior número de casos de violências cometidas contra crianças e adolescentes durante o Carnaval. De acordo com balanço do ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, foram 1.596 denúncias recebidas por meio do Disque 100.

- Publicidade -

Em segundo lugar na lista, aparece o Rio de Janeiro, com 508 denúncias. Em terceiro e quarto lugares estão Minas Gerais e Bahia, respectivamente, com 367 e 236 casos notificados.

O ministério destacou os casos de negligência como os que mais marcaram o período. Ao todo, o Disque 100 recebeu 3.654 denúncias relacionadas a tal situação, contra 2.370 do Carnaval de 2023, um aumento de mais de 54%.

As denúncias de maus-tratos também cresceram de um ano para o outro. No Carnaval de 2023, houve registro de 2.003 casos, enquanto, neste ano, o total foi de 2.374.

As principais vítimas das violações no período foram crianças de 5, 7 e 10 anos de idade.

Assim como a violência contra mulheres, o que se verifica é a relação entre autor e vítima da agressão e local onde é praticada. Durante o Carnaval, 15,4 mil violações ocorreram na residência do suspeito e 6,3 mil violações na casa da vítima.

- Publicidade -

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -