- Publicidade -
Conteúdo patrocinadoCampinas DecorCampinas Decor exibe as últimas tendências em decoração
Imagem Patrocinio

Campinas Decor exibe as últimas tendências em decoração

Conheça mais alguns dos projetos em exposição na mostra, que pode ser visitada só até este domingo, dia 26, no Prédio do Relógio

- Publicidade -

A Campinas Decor 2024, que pode ser visitada até domingo, 26 de maio, no icônico Prédio do Relógio, apresenta as últimas tendências em decoração, arquitetura e paisagismo e os lançamentos dos mais variados produtos para o segmento.

Confira aqui mais um lote dos 42 ambientes que o público tem a oportunidade de conhecer de perto nesta que é a 26ª edição da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista.

A Campinas Decor 2024 está localizada na Rua Dr. Sales de Oliveira, 1380, Vila Industrial. A visitação ocorre de terça a sexta-feira, das 14h às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h (a bilheteria fecha sempre às 20h30). Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) e há ainda a possibilidade de adquirir, por R$ 100,00 o passaporte com visitas ilimitadas, exceto para eventos fechados. Crianças até 12 anos não pagam.

Crédito: Divulgação

Alma Tropical – A designer de interiores Gabriela Ximenes e as arquitetas e urbanistas Giovanna Otaviano e Isabella Ximenes buscaram unir o DNA carioca do trio de profissionais com a sofisticação e elegância que prezam em seus projetos.

O conceito do espaço é um living de piscina, no qual buscam explorar as nuances de cores e texturas, criando assim, o clima tropical dentro do ambiente que poderia facilmente ser replicado em qualquer residência. Os materiais utilizados permitem transitar entre o design arrojado e sofisticado, envolvendo cordas náuticas, madeira para trazer o aconchego, formas orgânicas, vegetação e muita arte, garantindo um ar de modernidade e integração para o ambiente.

Crédito: Divulgação

Bossa Lounge – Com vista para o pátio ferroviário e para quase tudo o que acontece na área interna da exposição, o deck assinado pela arquiteta Raquel Del Valle conta com espaços de contemplação cercados de um paisagismo tropical, leve e despretensioso.

As ripas em lastras com toque contemporâneo e natural, que se adequam em diferentes usos, acabaram sendo aplicadas em totalidade no ambiente, buscando despertar sensações de continuidade, apresentando a diversidade de usos desse material ao longo do espaço. O paisagismo, com suas folhagens tropicais, tem como intuito atrair estímulos de conexão com a natureza e a brasilidade, fazendo alusão à bossa e ao tropicalismo por meio de elementos sensoriais.

- Publicidade -
Crédito: Divulgação

Cafeteria Modelo – Assinada pelo arquiteto e urbanista Rafael Alves Moreira, a cafeteria convida o público a uma pausa, uma experiência de aconchego em um projeto arrojado, mesclando a modernidade de uma modular estrutura metálica de 10 toneladas com a delicadeza das perobas rosa de demolição tratadas artesanalmente. A técnica construtiva aliada ao projeto permitiu a sustentabilidade da construção.

Os materiais aparentes possibilitam sentir texturas e cheiros que, somados aos aromas do café, remetem a memórias de fazenda e trazem um toque das origens mineiras do arquiteto Rafael Alves e dos produtores do café Mantissa. O espaço apresenta ampla bancada que ordena os fluxos e usos entre baristas e público consumidor em perfeita integração. Os 100 m² do ambiente proporcionam uma experiência sensorial e visual única, já que as transparências dos brises permitem perspectivas deslumbrantes do Prédio do Relógio.

Crédito: Divulgação

Lounge 3.1 – Contrastando com a arquitetura original do prédio do relógio, o projeto assinado pelo arquiteto Marcelo Camargo tem como principal conceito o conforto que a tecnologia e os materiais contemporâneos trazem para a nossa vida. Segundo Marcelo, a intenção foi criar um espaço de contemplação e relaxamento envolto em um paisagismo pontual e cores vibrantes, proporcionando bem-estar e acolhimento. “Tecnologia, Arte e Bem-Estar” definem o Lounge 3.1, na opinião do profissional.

Crédito: Divulgação

Casa do Design Brasileiro -Com projeto da arquiteta e designer de interiores Marina Dal Molin, a Artzzi, loja de mobiliário especializada em design autoral, apresenta na Campinas Decor um espaço conceitual, onde conta a história da sua marca e expõe algumas das principais criações de grandes designers brasileiros. O ambiente de 70 m²  é uma instalação, com paleta de cores neutras para dar destaque aos detalhes do mobiliário exposto.

Nele, estão registradas as transformações da Artzzi nas últimas três décadas, os valores e o olhar diferenciado da marca para os espaços íntimos e de convívio, onde é compartilha-se a arte do bem viver.

Crédito: Divulgação

Dream Home – Assinado pela designer de interiores Laressa Moscatelli e pelo gestor de obras Odair Almança, o Dream Home foi pensado para trazer bem-estar e fluidez a um loft de 75 m², utilizando cores e formas da natureza, promovendo tranquilidade e acolhimento. Com muito verde, madeira, cores claras e plantas, o ambiente traz um estilo contemporâneo com muita biofilia. Segundo os expositores, a intenção é fazer com que cada um se sinta em casa e não veja o tempo passar durante a visita.

Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Escritório dos Arquitetos e Sala da Presidência – Assinado pelos arquitetos Augusto Manzato, João Romualdo e Ludmila Manita, o projeto desse escritório busca demonstrar um ambiente corporativo sofisticado e atemporal. O espaço é formado por linhas retas e curvas sinuosas que se equilibram de uma forma sutil, dispondo de acabamentos em tons sóbrios. O mobiliário selecionado estrategicamente, com pontos de cores, traz personalidade e imponência.

Em uma área total de 150 m², o layout formado por um hall de entrada, área de produção, sala de reunião e sala de presidência apresenta um ambiente fluido e integrado, buscando imprimir a necessidade de cumprir o uso.

Crédito: Divulgação

Loja Davos Decor e Presentes – A designer de interiores Lydia Bonini e a arquiteta e urbanista Leticia Rosa contamque o grande desafio foi fazer um briefing com a proprietária da loja para ouvir seus gostos, expectativas e necessidades e assim formar o conceito geral do projeto.

O resultado foi a associação da decoração do ambiente aos produtos e artistas com os quais a loja trabalha para criar um ambiente aconchegante e envolvente que faça com que os visitantes se sintam acolhidos. Trabalhando com a mistura de tons pastéis e texturas naturais que remetem à brasilidade dos artesãos regionais, as cores estão bem distribuídas nos objetos de decoração, dando à loja um toque de sofisticação e bom gosto. 

Crédito: Divulgação

Hall e banheiros do restaurante -Assinado pela arquiteta Bruna Leme, o projeto harmoniza elegância e funcionalidade. A seleção meticulosa de materiais proporciona uma textura rica e acolhedora, ressaltando a sensação de bem-estar. A iluminação cuidadosamente planejada cria uma atmosfera relaxante e convidativa. O espaço é enriquecido com plantas, que não só trazem frescor e vitalidade, mas também promovem uma conexão com a natureza. Uma paleta de cores suaves, com destaque para tons terrosos, realça a beleza dos materiais. O resultado é um ambiente convidativo, no qual cada elemento foi pensado para oferecer conforto, estilo e bem-estar.

Crédito: Divulgação

Torno Bar – A arquiteta Marcella Leite buscou criar um “bar com identidade”, aliando estética, conforto e funcionalidade. Tendo como “pontapé inicial de inspiração” um antigo torno utilizado da estação de trem, que já estava no espaço e acabou se tornando o centro da criação do projeto, o ambiente reúne linhas retas, cores vibrantes e clássicas, acabamentos que estimulam os elementos naturais, como tijolo, e um jardim central, que remete à natureza e traz bem-estar.

O telhado antigo, com telhas vindas da França e estrutura metálica, é outro ponto de destaque desse ambiente que possui uma atmosfera vintage, mas sem deixar de utilizar elementos modernos e atemporais.

Crédito: Divulgação

Restaurante do Relógio – Assinado pela designer de interiores Ana Laura De Nadai, o ambiente com traços da arquitetura contemporânea brasileira traz uma experiência entre o sentir e o significar.

O projeto vem de assinatura única, com a utilização de materiais naturais, a nobreza da madeira, pedra e a utilização da tecnologia estimulando a memória afetiva e experimentar as coisas cotidianas como se fosse a primeira vez, é se conectar com uma emoção feliz a cada momento vivido nela, procurando gerar uma experiência inesquecível, exclusiva e única.

- Publicidade -
OUTROS CONTEÚDOS
- Publicidade -