- Publicidade -
coronavirusJustiça nega liminar e mantém hospital particular sob administração da Prefeitura

Justiça nega liminar e mantém hospital particular sob administração da Prefeitura

A unidade foi ocupada pela Administração municipal no dia 2 de março, por meio de mandado de segurança.

- Publicidade -

Hospital Metropolitano segue sob administração municipal (Foto: Denny Cesare/Código19) 

- Publicidade -

A Justiça de Campinas negou um pedido liminar do Hospital Metropolitano e manteve a gestão com a Prefeitura de Campinas. A unidade foi ocupada pela Administração municipal no dia 2 de março, por meio de mandado de segurança.

A unidade foi requisitada judicialmente pela Prefeitura após a rede de saúde municipal entrar em colapso com a alta de internações de coronavírus.

“Não é possível presumir o rigor indevido da administração pública ao exercer o seu poder de intervenção e de uso da propriedade em benefício da população, medida que se mostra necessária ao enfrentamento do alarmante número de vítimas e internações de pacientes com Covid-19 na cidade”, afirmou o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Wagner Roby Gidaro.

Procurada, a unidade informou que irá recorrer da decisão. “A gestão da propriedade, que é privada, entende que mesmo dada a situação emergencial de Campinas, a Prefeitura foi ineficiente para disponibilizar qualquer um dos 15 leitos que já estavam prontos à população”, disse a nota.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -