Campinas atinge estado de alerta por baixa umidade do ar Campinas atinge estado de alerta por baixa umidade do ar

Campinas atinge estado de alerta por baixa umidade do ar

Índice registrado à 13h40 desta sexta-feira (13) foi de 19,5%; veja recomendações

Campinas entra em estado de alerta por baixa umidade do ar (Foto: Denny Casare/Código 19)
Campinas entrou em estado de alerta pela baixa UPA (Umidade Relativa do Ar) nesta sexta-feira (13). De acordo com um boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, o índice atingiu 19,5% à 13h40. 

A medição foi recebida da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte. Devido à baixa umidade, a Defesa Civil alerta para os cuidados com a hidratação do corpo e para os riscos de queimadas veja detalhes abaixo.  

Segundo o órgão, o estado de alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índices entre 12% e 20%. 
 
A última vez que a cidade havia atingido o estado de alerta foi em 23 de janeiro deste ano, quando o índice registrado foi de 19,9%. 
 
RECOMENDAÇÕES 

Nesse caso, além de consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos, é preciso suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas. 

Também é aconselhado manter os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água. É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. 

Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde. Confira as orientações abaixo: 

Entre 12 e 20% - Estado de Alerta 

- Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;
- Evitar aglomerações em ambientes fechados;
- Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Mais Notícias

Mais Notícias