- Publicidade -
CotidianoPiso tátil instalado no entorno de poste prejudica pessoas com deficiência visual

Piso tátil instalado no entorno de poste prejudica pessoas com deficiência visual

Um piso tátil instalado no entorno de um poste de energia na calçada da Avenida Brasil, tem prejudicado pessoas com deficiência visual

- Publicidade -
- Publicidade -

Um piso tátil instalado no entorno de um poste de energia na calçada da Avenida Brasil, na região do Guanabara, em Campinas, tem prejudicado pessoas com deficiência visual. O local fica próximo ao cruzamento com a Avenida Orosimbo Maia.


O piso foi colocado na direção do poste e está dificultando a passagem no local, além de ser perigoso para as pessoas que se orientam por meio do piso tátil. Além dele, na mesma quadra, outro poste, mas de metal, também fica sobre o piso tátil.


Ainda no local, o piso tátil, instalado já há alguns anos, servia para sinalizar e orientar a chegar a um ponto de ônibus, que não existe mais no trecho. Atualmente, o ponto de ônibus está há alguns metros do local e não possui o piso de orientação para as pessoas com deficiência visual.


“É um perigo para deficientes que enfrentam esse tipo de problema. Se você anda para frente, não vai encontrar uma referência. Então é complicado e pode provocar um acidente, como uma queda. E a pista aqui é curta e acaba do nada. A gente precisa de uma liberdade para andar. Deveria ter uma solução para evitar este tipo de problema”, afirmou Charles Freitas, radialista que é deficiente visual.

Poste sobre piso tátil é problema para todos

O poste também chamou a atenção de outros pedestres no local. A atendente Itamara Scaff também comentou o problema. “Eles tentaram fazer uma acessibilidade para as pessoas necessitadas e na verdade não serviu de nada. Acessibilidade inacessível, infelizmente”, disse.

“Eu mesma sou meio distraída, ando de cabeça baixa, então corro o risco de dar uma cabeçada neste poste”, afirmou a aposentada Marines Souza.

“Está tudo errado né, tem que prestar atenção no que vai fazer, porque senão é dinheiro perdido mesmo”, comentou o aposentado Aroldo Cardozo.

Especialista aponta problemas no piso tátil

O especialista em mobilidade urbana, Luiz Vicente Figueira de Mello Filho, afirmou que o piso deveria passar no entorno do poste. “O primeiro ponto é colocar o piso tátil de alerta envolta do poste. Esse é o ponto principal para o deficiente visual. O segundo ponto é que esse piso tátil de alerta mostra exatamente a delimitação o ponto de ônibus que deveria estar no local e não está, isso que o piso tátil só tem alguns metros porque ela delimita um ponto de ônibus e ele não existe”, alertou.

- Publicidade -

“A Avenida Brasil tem um fluxo muito grande de pessoas no horário de pico pela manhã e no final da tarde e por isso é preciso estar bem sinalizado. É preciso ter também o piso tátil direcional até chegar no ponto de ônibus porque aqui é uma área comercial muito grande. Precisamos ter um conforto maior para estimular o transporte público na cidade para desestimular o uso intensivo do automóvel. Esse piso aqui não contribuiu e ainda você tem um ponto precário e a pessoa não tem local algum para descansar em um momento de aguardar o ônibus”, continuou.

O que a CPFL e a Emdec dizem?


A reportagem da EPTV Campinas questionou a CPFL Paulista sobre a instalação do poste no local. Confira a nota da CPFL na íntegra:

A CPFL Paulista informa que não realizou obra para manutenção ou troca do poste em questão, cujo traçado no trecho mencionado existe há pelo menos 25 anos. A concessionária esclarece ainda que o traçado dos postes da rede de distribuição de energia em vias públicas é feito de acordo com projeto fornecido pelas prefeituras, que também devem solicitar eventuais alterações de localização, caso necessárias.

Com relação ao ponto de ônibus que, antes, ficava no local marcado pelo piso, a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), informou, também por meio de nota, que o ponto que estava Avenida Brasil, na altura do número 140, foi desativado no final de 2019, sendo alterado para a mesma via, na altura do 116. Quanto ao piso podotátil instalado no local do antigo ponto, a empresa que enviará equipe técnica para a solução da incompatibilidade existente com o poste disposto na calçada.


Com informações de Rafael Castro/EPTV Campinas

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Campinas? Siga o perfil do acidade on Campinas no Instagram e também no Facebook

Receba notícias do acidade on Campinas no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui!

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Campinas e região por meio do WhatsApp do acidade on Campinas: (19) 97159-8294.

LEIA TAMBÉM NO ACIDADE ON PIRACICABA

Prefeitura faz mutirão de serviços gratuitos na Região da Pauliceia

Linha de ônibus sofre ajustes nos horários; confira



- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -