- Publicidade -
EsportesBugre encerra Série B com derrota por 3 a 0 fora de casa

Bugre encerra Série B com derrota por 3 a 0 fora de casa

Guarani encerrou a campanha de forma melancólica depois de estar na disputa pelo acesso em boa parte do campeonato

- Publicidade -

Com informações da Agência Estado

Em jogo com três expulsões, o Atlético-GO fez sua parte e venceu o Guarani por 3 a 0 na tarde deste sábado (25(, no Antônio Accioly, em Goiânia, pela 38ª e última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Além dos três pontos, o time goiano garantiu o retorno à elite depois de apenas uma temporada.

- Publicidade -

O Atlético encerra sua campanha com 17 vitórias, 13 empates e oito derrotas, em quarto lugar, subindo junto com Vitória, Juventude e Criciúma. Além disso, teve 55 gols, segundo melhor ataque, atrás apenas do Sport, com 59. Prova do bom rendimento ofensivo é que o artilheiro da competição foi Gustavo Coutinho, com 14 gols.

O Guarani encerrou sua campanha de forma melancólica, já que esteve bem na disputa pelo acesso em boa parte do campeonato. A dura derrota para o lanterna ABC, por 3 a 2, na última rodada, em casa, já tinha eliminado qualquer chance do time paulista voltar à elite. Assim, terminou com 57 pontos, em décimo lugar.

Precisando da vitória para ter chance de acesso, o Atlético começou no ataque e foi o primeiro a assustar. Shaylon recebeu em boa posição na esquerda e cruzou fechado, mas a defesa fez corte preciso. Depois, Gustavo Coutinho também tentou, mas foi travado.

O primeiro tempo contou com três expulsões. A primeira de Iago Teles, do Guarani, após pisão em Matheus Sales. Já nos acréscimos, João Victor, do Guarani, e Alix Vinícius, do Atlético, também levaram cartão vermelho por discutirem e trocarem empurrões. Ainda deu tempo para pressão do Atlético com três finalizações feitas por Shaylon, cortado pela defesa, Matheus Sales, que passou perto do gol, e Gustavo Coutinho, defendido por Pegorari.

No segundo tempo, o Atlético foi avassalador. Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio e desvio na primeira trave, Dodô, que entrou no intervalo, apareceu para completar e abrir o placar.

- Publicidade -

Apenas três minutos depois, aos oito, Dodô voltou a ter participação direta ao fazer lindo cruzamento para o artilheiro Gustavo Coutinho cabecear com estilo e ampliar a vantagem. Com a tranquilidade que o placar trouxe, o Atlético-GO administrou o resultado, enquanto o Guarani, com um jogador a menos, se fechou na defesa e tentou explorar os contra-ataques, sem sucesso. Ainda deu tempo do terceiro gol, aos 46, quando Matheus Peixoto se esticou todo para completar o cruzamento.

Fica técnica

ATLÉTICO-GO 3 X 0 GUARANI

ATLÉTICO – Ronaldo; Bruno Tubarão, Luiz Felipe, Alix Vinicius e Lucas Esteves (Dodô); Matheus Sales, Baralhas (Rhaldney) e Shaylon; Kelvin (Airton), Gustavo Coutinho (Matheus Peixoto) e Luiz Fernando (Heron). Técnico: Jair Ventura.

GUARANI – Pegorari; Diogo Mateus (Isaque), Lucão, Wenderson (Alvariño) e Mayk (Régis); Alan Santos, Lucas Araújo e Gustavo França (Bernardo); Iago Teles, Pablo Thomaz (Lucas Silva) e João Victor. Técnico: Umberto Louzer.

GOLS – Dodô, aos 5, Gustavo Coutinho, aos 8, e Matheus Peixoto, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Lucas Esteves e Matheus Peixoto (Atlético-GO)

CARTÕES VERMELHOS – Alix Vinicius (Atlético-GO). Iago Teles e João Victor (Guarani).

ÁRBITRO – José Mendonça da Silva Júnior (PR).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -