- Publicidade -
EsportesNa zona de rebaixamento, Guarani afasta CEO e demite executivo e auxiliar

Na zona de rebaixamento, Guarani afasta CEO e demite executivo e auxiliar

A pressão segue alta no Guarani na Zona de Rebaixamento o time demitiu o superintendente de futebol do clube

- Publicidade -

Sem vencer há seis jogos e dentro da zona de rebaixamento do Paulistão, o Guarani anunciou mudanças em seu departamento de futebol na noite deste domingo, logo após a derrota para a Portuguesa, por 1 a 0, no estádio do Canindé, em São Paulo.


A diretoria do Guarani anunciou o desligamento do superintendente de futebol Juliano Camargo e o auxiliar técnico Rodrigo Leitão. O comunicado do clube campineiro ainda informou que o CEO Ricardo Moisés foi afastado do departamento de futebol, permanecendo de forma exclusiva nas funções administrativas. Assim, Danilo Silva, então diretor técnico, assume o cargo de superintendente de futebol.

- Publicidade -


O Guarani Futebol Clube informa que o superintendente de futebol Juliano Camargo e o auxiliar técnico Rodrigo Leitão foram desligados do Clube. A agremiação comunica também que o CEO Ricardo Moisés foi afastado do departamento de futebol, permanecendo de forma exclusiva nas funções administrativas. Danilo Silva, então diretor técnico, assume o cargo de superintendente de futebol“, disse o clube, em comunicado.


Com o Guarani na zona de rebaixamento do Campeonato Paulista, a torcida estava enfurecida com o planejamento da diretoria, e usou as redes sociais para questionar o trabalho do executivo de futebol, Juliano Camargo. Ele é apontado como maior responsável pela escolha do novo técnico – Claudinei Oliveira – e por muitos reforços alvo de muitas críticas por parte da torcida.


Rebaixado com o Ceará-CE no Brasileirão, Juliano chegou ao Guarani com carta branca e montou o elenco bugrino com contratações caras como o atacante Pablo Thomaz, o lateral-esquerdo Hélder, o zagueiro Ryan, além de Gabriel, Heitor, Marlon e, principalmente o meia Chay, o mais alto salário do elenco e que não está bem física e clinicamente.


Os seus últimos atos também foram bem contestados. Após a dispensa de Umberto Louzer, a direção optou pela contratação de Claudinei Oliveira, que vinha capengando com a Chapecoense, inclusive ameaçado de queda no Campeonato Catarinense.


O novo técnico assumiu o cargo durante a semana com inúmeros cuidados com as palavras, alegando que o tempo seria curto, que precisaria conhecer melhor os jogadores. Claudinei Oliveira viu da arquibancada a derrota do Guarani para o Novorizontino por 2 a 0, em Novo Horizonte. Depois ele comandou o time no empate por 2 a 2 com o Santo André, no estádio Brinco de Ouro. Por fim, perdeu no Canindé para a Portuguesa.

- Publicidade -


*Texto com Informações da Agência O Estado

Receba notícias do acidade on Campinas no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui!

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Campinas e região por meio do WhatsApp do acidade on Campinas: (19) 97159-8294.

LEIA TAMBÉM NO TUDO EP

Veja como emitir o título de eleitor

Quem é Abílio Diniz? Empresário morre aos 87 anos

- Publicidade -
Leonardo Otranto
Leonardo Otranto
Leonardo Otranto tem 21 anos, é nascido em Campinas e cursa jornalismo na ESAMC Campinas. Está em sua segunda passagem pelo Grupo EP, tendo adquirido experiência na Central de Apuração da EPTV, no acidade on Campinas e Atualmente, atua como estagiário aqui no portal Tudo EP.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -