Aguarde...

ACidadeON

Voltar

colunistas e blogs

Iron Man

Você sabe o que é correr uma maratona? Estou falando de 42.195 metros.Imagina essa distância sendo percorrida de carro. É longe, não? E a pé?! Não é mole

| ACidade ON

(São Paulo) Você sabe o que é correr uma maratona? Estou falando de 42.195 metros. Exatamente, 42 quilômetros. Imagina essa distância sendo percorrida de carro. É longe, não? E a pé?! Não é mole.  

Para quem não é desse mundo da corrida, precisa ter muita disposição, determinação, abnegação para treinar um grande período visando uma maratona. As vezes um ano. Para alguns, oito meses, seis meses pelo menos.
São seis dias por semana de dedicação total, acordando cedo, cumprindo planilhas, fazendo musculação, dieta e abrindo mão de vários prazeres. A família, especialmente a esposa ou o marido, tem de ser cúmplice. Porque se não houver compreensão o casamento vai pro beleléu.  

A imensa maioria dos corredores em uma maratona é amadora. Profissionais são pouquíssimos. E todos correm pelo desafio pessoal. Eles sabem que não ganharão qualquer prova ou dinheiro. No máximo, uma medalha. A primeira vitória é pessoal. A segunda é melhorar o próprio tempo. E por aí vai...  

A partir de agora, sabendo desses detalhes, respeite demais um maratonista. Todos eles. E admire. Quem consegue terminar uma prova de 42 mil metros deve ter treinado pelo menos mil quilômetros. Quem faz isso é um Iron Man. Ou woman.

O que é isso?

Falei com dois amigos que moram em Curitiba. A cidade pegou fogo depois que Thiago Nunes aceitou a proposta do Corinthians. Coxas brancas e paranistas deram risadas. Atleticanos falaram de tudo do Corinthians e do seu presidente.  

O assunto tomou uma dimensão tal, a ponto de o treinador ser expelido do clube pelo competente, mas imensamente passional presidente do Conselho, Mário Petraglia.  

Não acho que o treinador foi aético. Muito menos o Corinthians. O mercado está aí e pode mais quem tem mais. Por que o Flamengo vai ser campeão brasileiro e o Avaí vai cair para a Série B? Porque os cariocas tem mais poder$.  

Vamos supor que o Corinthians deixasse tudo encaminhado com Thiago Nunes e a contratação só fosse anunciada no final de novembro ou após a última rodada. Mudaria alguma coisa?  

Reconheço que devemos ter cada vez mais ética no futebol. No jogo, na arbitragem, nos tribunais... Mas o fato que abordamos foi absolutamente normal. 


Mais do ACidade ON