Aguarde...

cotidiano

Pico da covid em Ribeirão pode não ter chegado ainda, diz especialista

Especialista aponta que a doença está fazendo o mesmo caminho de 2020, com o aumento de casos passando da capital para o interior

| ACidadeON/Ribeirao

UPA Treze de Maio, que virou o Polo Covid-19 (Foto: Weber Sian / ACidade ON)

Ainda não é possível dizer se a pandemia da covid-19 chegou ao pico de internações em Ribeirão Preto. A análise é do Rodrigo Stabeli, pesquisador titular da Fiocruz.

Para Stabeli, Ribeirão Preto chegou ao pico da oferta de leitos, mas o controle da contaminação depende da população adotar as medidas sanitárias indicadas pelos especialistas (usar máscara, higienizar sempre as mãos, distanciamento social e ficar em casa sempre que possível).

"O que a gente vem observando em Ribeirão Preto, é um agravamento da situação", alerta Stabeli, analisando os números de contaminações, internações e mortes.

O especialista aponta que a doença está fazendo o mesmo caminho de 2020, com o aumento de casos passando da capital para o interior. No entanto, esse ano a doença está exigindo muito mais internações que em 2020.


Saúde

Ribeirão Preto tem hoje 620 pacientes internados com covid-19. São 289 em UTI´s (ocupação de 91,75%) e 331 em enfermarias (79%).


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON