Aguarde...

Economia

Loja dribla quarentena se colocando como hipermercado

Havan de Ribeirão Preto está conseguindo funcionar colocando como opções nas gôndolas arroz e feijão

| ACidadeON/Ribeirao

Havan de Ribeirão Preto (Imagem: Reprodução / Google)

A unidade de Ribeirão Preto da Havan, localizada no cruzamento das avenidas Maurílio Biagi e Costábile Romano, está mantendo suas portas abertas mesmo com o decreto de quarentena para conter o novo coronavírus válido até 31 de maio em todo o Estado de São Paulo.

De acordo com a determinação estadual, apenas estabelecimentos considerados essenciais - como supermercados e farmácias - podem funcionar. E foi nesse ponto que a loja driblou a quarentena, passando a colocar em suas gôndolas gêneros alimentícios, para se enquadrar na categoria hipermercado.

A assessoria da Havan confirmou que a unidade de Ribeirão Preto está funcionando, mas em horário reduzido - das 10h às 20h. A empresa afirma manter álcool em gel na entrada e fiscalizar o uso de máscara pelos clientes.

"Também tem controle do número de pessoas na loja. E, se tiver fila, distância de um metro e meio", informou a assessoria. 
 
 
MAIS: Por que a Havan de Ribeirão Preto não tem Estátua da Liberdade? 


A Prefeitura de Ribeirão Preto afirmou que a Havan pode funcionar. "Consta no alvará de funcionamento a permissão para venda de gêneros alimentícios e de higiene pessoal, o que significa que o seu funcionamento está amparado por decreto federal, desde que obedeça a critérios como a disponibilização de álcool em gel e o uso de máscaras", disse a prefeitura, por nota.

A reportagem confirmou que no interior da loja de Ribeirão Preto realmente há óleo, macarrão, arroz e feijão à disposição do consumidor.

"Estamos nos reinventando, assim como todo o comércio, e oferecendo itens de primeira necessidade, assim como álcool em gel e máscaras, e nossos clientes podem comprar com o cartão Havan. Cada empresa está adotando medidas diferentes para sobreviver, algumas que não tinham e-commerce, estão vendendo pela internet. E nas lojas maiores temos um departamento sazonal que estamos utilizando para a venda de alimentos", disse Luciano Hang, proprietário da Havan , em nota enviada pela assessoria. 
  

CLIQUE AQUI E VEJA TUDO SOBRE A PANDEMIA EM RIBEIRÃO E REGIÃO

Mais do ACidade ON