Vereador pede afastamento da Câmara de Ribeirão Preto Vereador pede afastamento da Câmara de Ribeirão Preto

Vereador pede afastamento da Câmara de Ribeirão Preto

André Rodini vai trabalhar em pré-campanhas do Novo ao governo estadual e ao Senado; Emilio Cury será o suplente

Vereador André Rodini (Novo) (Fotos: Allan S.Ribeiro / Câmara de Ribeirão)
 
O vereador André Rodini (Novo) solicitou na última terça-feira (31) o afastamento da Câmara de Ribeirão Preto por 30 dias. O pedido foi aprovado pelos parlamentares durante a última sessão do Legislativo. 

O parlamentar vai trabalhar nas pré-campanhas de Vinicius Poit e Ricardo Mellão, ambos do Novo, ao governo estadual e Senado, respectivamente.   

'Por esse motivo, para que não se confunda o meu trabalho legislativo, o uso da estrutura pública, do dinheiro público, para fazer esse ato político', disse o parlamentar.  

LEIA MAIS - Espaço dos food trucks da Praça da Bicicleta em Ribeirão pode ser reduzido
 
No lugar de Rodini assume o suplente, o empresário Emilio Cury (Novo), que recebeu 1.281 votos nas eleições municipais de 2020.  

Emilio poderá assumir o mandato no dia 21 de junho, já que a posse do suplente, segundo o regimento interno da Câmara, pode ocorrer após 15 dias de afastamento do titular - lembrando que 16 de junho é feriado de Corpus Christi.  

De acordo com Rodini, ele retoma o mandato no dia 1º de julho, já que pretende participar de audiências públicas no período. Além disso, o vereadir lembra que ocorrerá o recesso parlamentar na segunda quinzena de julho.  

O parlamentar ainda afirma que não pedirá novos afastamentos para participação da campanha eleitoral a partir do segundo semestre.  
 
O suplente do Novo, Emilio Cury, recebeu 1.281 votos em 2020 (Foto: Divulgação)

 


Mais Notícias

Mais Notícias