Jovem de Araras morre após abordagem forçada de funcionários de clínica de recuperação. Foto: Reprodução Jovem de Araras morre após abordagem forçada de funcionários de clínica de recuperação. Foto: Reprodução

Jovem morre durante abordagem forçada para internação em Araras

Funcionários da clínica contratada pela família deram um mata-leão na vítima justificando que ele estava muito alterado 

De:  Redação São Carlos
Jovem de Araras morre após abordagem forçada de funcionários de clínica de recuperação. Foto: Reprodução

Um dependente químico de 26 anos morreu durante a abordagem de funcionários de uma clínica de recuperação na noite de segunda-feira (1), em Araras.

Segundo a Polícia Civil, ele morava no Parque Industrial e seria levado para uma clínica em outra cidade contratada pela família. No momento da abordagem, os funcionários da clínica amarraram as mãos e os pés do rapaz e deram um mata-leão justificando que ele estava muito alterado, o que ocasionou a morte.

Depoimentos dos familiares aos policiais apontaram que houve excesso durante a abordagem que vitimou o rapaz.  

A Guarda Municipal esteve no local e os três funcionários foram presos em flagrante. O caso foi registrado como homicídio doloso e deve ser investigado pela Polícia Civil.

Segundo a família, o jovem já tinha sido internado 18 vezes. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira.

Mais Notícias

Mais Notícias