- Publicidade -
CotidianoFamílias que vivem em área de risco fazem manifestação na Prohab

Famílias que vivem em área de risco fazem manifestação na Prohab

Moradores atualmente vivem em uma área próximo ao córrego da Água Quente, na região do Antenor Garcia

- Publicidade -

Famílias que vivem em ocupação em área de risco realizaram uma manifestação na porta da Prohab, autarquia habitacional municipal de São Carlos.

O ato ocorreu na tarde desta sexta-feira (8) e contou com a participação de cerca de 40 pessoas e foi acompanhada por um parlamentar.

- Publicidade -

Os moradores da ocupação “Em Busca de Uma Moradia” foram recebidos pelo presidente da Prohab, Rodson Magno do Carmo, que marcou uma reunião para ouvir as demandas na próxima semana.

Vivendo “sobre” o risco

As famílias atualmente vivem em uma área próximo ao córrego da Água Quente, na região do Antenor Garcia. São cerca de 100 famílias vivendo sob condições degradantes no local.

A situação é agravada por uma voçoroca que a cada chuva se alarga mais e consome área maior. Cerca de 10 moradias precisaram ser abandonadas por risco de desabamento.

As condições sociais das famílias são acompanhadas por movimentos sociais de moradia e do meio ambiente, Ministério Público e Câmara Municipal.

Presente na manifestação, o vereador Djalma Nery (PSOL) afirmou que o poder público precisa tomar ações rápidas para o acolhimento das famílias que vivem no local.

- Publicidade -

“Estamos com receio grande de deslizamento, desmoronamento. Faz seis meses que cobramos a Prefeitura para que resolva a voçoroca, a Defesa Civil foi até lá naquela época, e até agora nada”, explicou.

Com a iminência da chegada do verão, temporada de altos volumes de chuva em São Carlos, a preocupação dos moradores é ainda maior, relatou o parlamentar.

“Decisão a ser tomada junta”, diz Rodson

O presidente da Prohab São Carlos afirmou ao acidade on que a autarquia se disponibiliza a se reunir com os manifestantes na próxima semana, em conjunto com outros órgãos da administração municipal.

Serão chamados a Defesa Civil e secretarias de Habitação e de Cidadania e Assistência Social. “Essa decisão não tomamos juntos, temos que ter de forma conjunta, com a Habitação e Cidadania”, constou.

Sobre a possibilidade de destinar as moradias anunciadas pelo governo federal sob o programa Minha Casa, Minha Vida, o chefe da Prohab respondeu que uma lei municipal limita a 20% o percentual de casas a serem destinadas à população que vive em área de risco.

“Se tiver acima disso, temos que fazer um sorteio para estabelecer quem ficará com a casa”, explica.

FIQUE ON!

Quer ficar ligado em tudo o que rola em São Carlos? Siga o perfil do acidade on São Carlos no Instagram e também no Facebook.

Receba notícias do acidade on São Carlos no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui.

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre São Carlos e região por meio do WhatsApp do acidade on: (16) 99149-9787.

- Publicidade -
Bruno Moraes
Bruno Moraeshttps://www.acidadeon.com/saocarlos/
Bruno Moraes é repórter do acidade on desde 2020, onde faz a cobertura política e econômica. É autor do livro “Jornalismo em Tempos de Ditadura”, pela Paco Editorial.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -