23 de julho de 2024
- Publicidade -
Tudo Inovação

O que é Starlink?

Elon Musk fez uma doação de mil terminais da Starlink para as equipes de resgate no Rio Grande do Sul

Starlink (Foto: Divulgação)

Você já deve ter ouvido falar do serviço “Starlink”, principalmente na última semana, com as tragédias no Rio Grande do Sul. Elon Musk, dono da empresa SpaceX, criadora da Starlink, forneceu uma doação de mil terminais do serviço, para as equipes de resgate conseguirem ter internet por satélite.

O que é Starlink?

A Starlink é um serviço de Internet via satélite da SpaceX, a empresa de Elon Musk. Ao contrário de outras prestadoras no Brasil, a Starlink não precisa de infraestrutura tradicional, como cabos coaxiais ou fibra ótica. Isso permite que a Internet de alta velocidade chegue até áreas remotas, facilitando o acesso para quem mora longe dos grandes centros urbanos.

LEIA TAMBÉM

Brasil investe em novo sistema de alertas de desastres climáticos

TikTok lança curso gratuito de marketing digital para empreendedores

Como funciona a Starlink?

A Starlink usa satélites em órbita para fornecer Internet. Isso significa que não é necessário ter uma rede móvel (como 3G, 4G ou 5G) ou cabos terrestres. Com uma antena e um modem, você pode acessar a Internet de praticamente qualquer lugar.

Essa característica torna a Starlink ideal para áreas rurais, onde a Internet tradicional pode ser lenta ou inexistente. Basta instalar a antena no telhado ou em uma área aberta, conectá-la ao modem e você estará online. A SpaceX afirma que seus satélites orbitam mais próximos da Terra, o que reduz a latência, um problema comum com outros serviços de Internet via satélite.

- Publicidade -

Quais são os planos da Starlink?

A Starlink oferece cinco planos no Brasil. Veja:

Residencial: Destinado a uso doméstico, com dados ilimitados e alta velocidade. A empresa diz que esse plano está disponível em todo o país.

Comercial: Feito para empresas, também com alta velocidade e baixa latência. Oferece até 220 Mb/s de download, mas pode não estar disponível em todos os lugares.

Viagem: Projetado para pessoas que estão sempre em movimento. O custo varia conforme o acesso: R$ 280 por mês para acesso regional e R$ 1.040 por mês para acesso global. O equipamento custa R$ 1.400 ou R$ 7.615 para um modelo mais potente.

- Publicidade -

Marítimo: Para quem deseja Internet em barcos e navios. Os preços são mais altos, com mensalidades de R$ 1.283 a R$ 25.659, dependendo da quantidade de dados. O equipamento custa R$ 7.615.

Aviação: Oferece até 350 Mbps para aviões, melhorando as redes Wi-Fi durante voos. No entanto, esse serviço ainda não está disponível.

Compartilhe:
Rafaela Viveiros
Formada em Jornalismo pela Universidade Paulista (Unip). Jornalista do Grupo EP, repórter do Tudo EP, está no portal desde 2021 e possui experiências com produção de matérias para os portais, edição de vídeos, imagens e criação de conteúdo para as redes sociais.
- Publicidade -
plugins premium WordPress