LSD é encontrado em fatia de mortadela no CDP de Hortolândia LSD é encontrado em fatia de mortadela no CDP de Hortolândia

LSD é encontrado em fatia de mortadela no CDP de Hortolândia

Foram encontrados 275 micropontos de LSD dentro do alimento; flagrante ocorreu durante a revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos

Micropontos de LSD são encontrados entre fatias de mortadelas. (Foto: Divulgação/SAP)
Policiais penais do CDP (Centro de Detenção Provisória) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD em uma mortadela. O flagrante aconteceu nesta quarta-feira (03) durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.
As drogas foram enviadas pela mãe de um dos detentos. Ele foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar. 

Segundo a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária do estado de São Paulo), quem é flagrado tentando enviar drogas para dentro do sistema prisional é suspenso temporariamente do quadro de visitas. 

MAIS DROGAS APREENDIDAS 

Um homem de 21 anos foi preso na Rodovia Anhanguera (SP-330), na altura de Americana, nesta quarta-feira (03).
A prisão em flagrante por tráfico de drogas aconteceu às 10h, no km 129 da via. A Polícia Rodoviária estava em patrulhamento quando avistou um veículo cinza em atitude suspeita.  
 
LEIA MAIS 
 
Advogado que agrediu mulher no Cambuí, em Campinas, tem prisão preventiva decretada
 
Cachorrinha se enrosca em torre de antena e é resgatada em Cosmópolis
 
Operação contra tráfico de drogas cumpre mandados em Campinas


Ao perceber a presença da viatura, o motorista começou a dirigir agressivamente, fazendo ultrapassagens pela direita e colocando outras pessoas em risco. Os policiais deram sinal de parada, que não foi obedecida, e a perseguição seguiu por um curto trajeto até que o suspeito capotou o veículo. 

O homem, que não sofreu ferimentos, disse que mora no Mato Grosso e que vinha do Paraguai para São Paulo. Os policiais consultaram a placa do carro, mas nada de errado foi encontrado. Quando foram fazer a vistoria no veículo, encontraram 40 tabletes de maconha, totalizando 509 kg da substância. Ele admitiu ter passagem pela polícia pelo mesmo crime quando era adolescente. 

Por cautela, o preso foi enviado a um Pronto-Socorro de Americana para passar por exames médicos, já que sofreu um grave acidente. Na sequência, vai ser conduzido à DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) da cidade. 
 
LEIA TAMBÉM 
Mais caro que gasolina: por que o leite está tão caro?


Mais Notícias

Mais Notícias