Viracopos recebe 912 mil doses da Pfizer em início de nova série de entregas Viracopos recebe 912 mil doses da Pfizer em início de nova série de entregas

Viracopos recebe 912 mil doses da Pfizer em início de nova série de entregas

Este foi o primeiro dos cinco voos programados até domingo

Voo pousou na manhã de hoje em Viracopos (Foto: Divulgação PF)

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, recebeu na manhã desta quinta-feira (14) 912.600 doses da vacina ComiRNAty contra a covid-19, produzida pela Pfizer em parceria com a BioNTech. Este foi o primeiro dos cinco voos programados até domingo (17). Ao todo, segundo a farmacêutica, 10.001.160 imunizantes serão entregues até a data no terminal aéreo da cidade. 

O  voo com as vacinas pousou às 7h23 desta quinta-feira. Todos os voos dessa série da entregas saem da Europa com destino ao Brasil. Os imunizantes são descarregados em Viracopos e enviados para o centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos, sob escolta da Polícia Federal  

As novas entregas integram o segundo contrato entre Pfizer e governo federal, assinado em 14 de maio, que prevê mais 100 milhões de vacinas entre outubro e dezembro. O voo trazendo o primeiro lote do acordo pousou em Campinas na madrugada de sábado (9). Os demais vão aterrissar entre a manhã de sexta (15) e a madrugada de domingo (17).

CRONOGRAMA

15 de outubro: 3.226.860 doses

16 de outubro: 3.194.100 doses

16 de outubro: 1.133.800 doses

17 de outubro: 1.133.800 doses

PRIMEIRO CONTRATO

No último dia 5, Viracopos recebeu 140.750 doses da vacina ComiRNAty. O lote, que deveria chegar um dia antes e foi remanejado 'por questões logísticas', cumpriu o primeiro acordo feito com o governo brasileiro.

O contrato, que também previa 100 milhões de doses, foi cumprido cinco dias após o prometido. Isso porque a empresa prometeu em 19 de março que 100 milhões de imunizantes seriem entregues até 30 de setembro.

O primeiro desembarque aconteceu em 29 de abril. Desde então, todos os lotes chegaram por Viracopos. As doses contra a doença são produzidas pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

Mais Notícias

Mais Notícias