- Publicidade -
CotidianoMP abre inquérito para investigar conduta de GMs em casamento

MP abre inquérito para investigar conduta de GMs em casamento

Casamento aconteceu em Jaguariúna e virou alvo de inquérito civil do MP

- Publicidade -

O Ministério Público de Jaguariúna instaurou um inquérito civil para apurar a entrada de guardas municipais armados em um casamento que aconteceu na cidade. A festa aconteceu no mês passado e o noivo é um vereador da cidade que também é guarda municipal. Segundo o MP, o vereador usou uma viatura e duas armas da corporação durante a cerimônia.

Os GMs armados estavam vestidos como personagens de uma série. No entendimento da promotoria a conduta pode ser caracterizada como improbidade administrativa, já que bens públicos como a viatura da GM e duas armas da corporação podem ter sido utilizadas na cerimônia.

- Publicidade -

Investigação do MP: veja vídeo da entrada de GMs em casamento

O MP quer confirmar o uso desses bens, além de identificar quais guardas teriam participado da cena do casamento e também cobrar da GM e da Câmara dos Vereadores investigações internas das respectivas corregedorias.


A Câmara Municipal informou que não foi notificada pelo MP e sobre a suposta quebra de decoro parlamentar disse que não houve protocolo sobre qualquer pedido de apuração da conduta desse vereador.

A corregedoria da GM informou que vai abrir uma sindicância para apurar a conduta desses guardas.

De quem foi o casamento?

O suposto uso de bens públicos aconteceu no casamento do vereador e guarda municipal Silvio Telles de Menezes (PSD).

Imagens que circularam nas redes sociais mostraram que Menezes e dois padrinhos entraram no casamento armados com pistola e fuzis apontados para o chão. O trio estava vestido com roupas de gângster que lembram a série chamada Peaky Blinders, que retrata criminosos que atuavam na Irlanda na década de 1920.

- Publicidade -

“No entendimento da promotoria a conduta caracteriza ato de improbidade administrativa, uma vez que foram utilizados bens públicos – uma viatura da Guarda Municipal e duas armas da corporação – para fins particulares, já que utilizadas no casamento de um vereador da cidade que também é guarda municipal”,

informou a nota do MP

Segundo a Promotoria, o inquérito vai apurar quem foram os responsáveis por autorizar o uso dos bens públicos e também quem fez o efetivo uso da viatura e das armas para fins particulares na data do casamento.

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Campinas? Siga o perfil do acidade on Campinas no Instagram e também no Facebook

Receba notícias do acidade on Campinas no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui!

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Campinas e região por meio do WhatsApp do acidade on Campinas: (19) 97159-8294.

LEIA TAMBÉM NO ACIDADE ON PIRACICABA

Piracicaba abre inscrições para curso gratuito de fabricação de pães doces; veja como participar

Prefeitura de Piracicaba divulga locais da prova do concurso

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -