- Publicidade -
vacinasCampinas abre agendamento de vacina covid para maiores de 64 anos

Campinas abre agendamento de vacina covid para maiores de 64 anos

Escolha do dia e horário estará aberta a partir das 16h de hoje (22); também haverá mais doses para profissionais de saúde

- Publicidade -

Vacina contra a covid-19 (Foto: Denny Cesare/Código19) 

- Publicidade -

A Prefeitura de Campinas abre às 16h desta quinta-feira (22) o agendamento para vacinação contra a covid-19 para moradores com 64 anos de idade ou mais. O dia e horário deverão ser escolhidos no site www.vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Pessoas que enfrentarem dificuldades podem buscar ajuda no centro de saúde mais próximo.  Também haverá mais vagas para profissionais de saúde a partir de 50 anos de idade (leia mais abaixo).

A vacinação para esses grupos terá horários disponíveis a partir de amanhã (23). Só será atendido quem estiver agendado. O comparecimento ao local deve ser feito com 10 minutos de antecedência para evitar aglomerações.

As doses estão sendo aplicadas em cinco centros de imunização (veja endereços abaixo) No dia marcado, a pessoa que vai receber a vacina deve levar documento de identificação com foto e CPF, além dos comprovantes de endereço em Campinas e do agendamento, que pode ser mostrado no celular.

COMPROVANTE DE ENDEREÇO

O comprovante de endereço deve estar em nome da pessoa a ser vacinada ou em nome do marido (esposa) ou companheiro (a), desde que comprove o parentesco. Servem como comprovantes contas de água, energia elétrica, telefone, gás, serviços de internet, conta de banco, conta de cartão de crédito, carnê de IPTU, cartão SUS e carta INSS.

- Publicidade -

O público-alvo na faixa etária de 64-65 anos é de nove mil pessoas. Na última terça-feira, (20) já havia sido aberto agendamento para pessoas a partir de 65 anos de idade. 

SAÚDE
 
Para os profissionais de saúde a partir de 50 anos é preciso levar também documento do conselho de classe e/ou outro comprovante de atuação profissional em categoria autorizada, comprovante de residência, documento com foto, CPF, holerite e comprovante do agendamento.

Exemplos de comprovantes de atuação profissional: contrato de trabalho, contrato de prestação de serviços, holerite, crachá (desde que contenha informações como nome do estabelecimento, nome e sobrenome da pessoa e cargo ou função), declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício da pessoa, entre outros.

Poderão fazer o agendamento, profissionais de saúde a partir de 50 anos das seguintes categorias: assistentes sociais que trabalham em estabelecimentos da área da saúde; auxiliares em laboratórios de análises clínicas; biomédicos; biólogos; cirurgiões dentistas; enfermeiros; farmacêuticos; fisioterapeutas; fonoaudiólogos; motoristas de ambulância; médicos; médicos veterinários; nutricionistas; profissionais de Educação Física; psicólogos; terapeutas ocupacionais; técnicos e auxiliares de enfermagem; técnicos e auxiliares de saúde bucal; técnicos em laboratórios de análises clínicas; técnicos em radiologia; gerontólogo, além de doulas/parteiras.

PRÉ-CADASTRO

É necessário fazer o agendamento no site www.vacina.campinas.sp.gov.br, mas também é importante realizar o pré-cadastro no site VacinaJá (www.vacinaja.sp.gov.br), do Governo do Estado. Dessa forma, o atendimento no Centro de Imunização é mais rápido.

OS CENTROS DE IMUNIZAÇÃO

Os Centros de Imunização funcionam das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira; e das 8h às 18h, aos sábados e domingos.

– CVI – Centro de Vivência do Idoso na Lagoa do Taquaral
Avenida Doutor Heitor Penteado, s/nº. Portão 5, com área de estacionamento

– Escola CAIC Zeferino Vaz
Rua José Augusto de Mattos, s/nº – Parque Residencial Vila União

– Círculo Militar de Campinas
Avenida Getúlio Vargas, 200, no Jardim Chapadão

– Casa da Criança Paralítica
Rua Pedro Domingos Vitali, nº 160, no Parque Itália

– Centro de Imunização Noroeste (antigo prédio da NAED Noroeste)
Rua Augusta Parreira Belinteni, s/nº, na Vila Castelo Branco

GRIPE

A vacinação contra a gripe também está acontecendo nos centros de saúde de Campinas desde 12 de abril. Neste momento, as doses estão destinadas a crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após dar à luz), trabalhadores da Saúde e povos indígenas. A meta é vacinar 90% deste público, formado por 145 mil pessoas.

Neste ano, idosos a partir de 60 anos e professores serão vacinados na segunda etapa, a partir de 11 de maio. Já as pessoas com comorbidades (doenças crônicas e outras), com deficiência permanente, e outros públicos serão vacinados na terceira etapa, programada para a partir de 9 de junho.

Como as campanhas de vacinação (Covid e Gripe) acontecem ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas simultaneamente. A orientação é priorizar a imunização contra a Covid e respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as doses contra Covid e contra Influenza.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -