Aguarde...

cotidiano

Morre em Ribeirão Preto o empresário Waldomiro Sandrin

Empresário de 93 anos foi vítima das complicações causadas pelo novo coronavírus, segundo a Acirp

| ACidadeON/Ribeirao

Waldomiro Sandrin tinha 93 anos (Foto: Murilo Corte/Arquivo ACidade ON)
 
Morreu na última sexta-feira (19), aos 93 anos, o empresário Waldomiro Sandrin, em Ribeirão Preto. O empresário é mais uma vítima das complicações provocadas pelo novo coronavírus (covid-19). A informação foi confirmada pela Acirp (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto), entidade da qual era membro. 

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
Nascido em 1928 no bairro Campos Elíseos, o empresário abriu a Relojoaria Sandrin, na avenida Saudade, no final dos anos 1960. Em 2018, sua trajetória foi contada pela jornalista Ana Cândida Tofeti no livro "A Joia dos Campos Elíseos: a história do empresário Waldomiro Sandrin, um guardião do bairro".  

"Que privilégio conhecer Waldomiro Sandrin e poder contar sua história. Que ele descanse em paz. Deixa um lindo legado e uma contribuição para Ribeirão Preto", escreveu a jornalista nas redes sociais.   


A Acirp também lamentou a morte do empresário em publicação no seu site. "Foi um desbravador, uma pessoa que se dedicou de corpo e alma tanto à sua família e empresa, como à Acirp. A Associação Comercial e Industrial será eternamente grata pelo que Waldomiro Sandrin fez por ela, pela luta permanente pelo seu engrandecimento", disse o presidente da entidade, Dorival Balbino.   


Waldomiro Sandrin era viúvo de Hermelinda Henriques Sandrin e deixa os filhos Cirlene, Nanci e Sidnei, dois netos e um bisneto.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON