Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Justiça transfere Pablo Russel para Penitenciária de Tremembé

Homem condenado em 30 de junho pela morte de Nicole estava na Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo desde condenação

| ACidade ON

F.L.Piton / A Cidade
Pablo (Centro) foi julgado no Fórum de Ribeirão Preto nesta quarta-feira (29) (Foto: F.L.Piton / A Cidade)

A Justiça transferiu nesta segunda-feira o empresário Pablo Russel Rocha, 41 anos, para a Penitenciária de Tremembé, na região do Vale do Paraíba.

SAIBA MAIS

Começa o julgamento do caso Nicole em Ribeirão Preto
Testemunhas são ouvidas pelo tribunal do júri
Empresário diz que não viu Nicole presa ao cinto do carro
Pablo é condenado a 24 anos de prisão

O homem, condenado no dia 29 de junho pela morte da garota de programa Selma Helena Artigas da Silva, a Nicole, estava na Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo desde sua condenação, na semana passada. Ele foi sentenciado a 24 anos de prisão.

A defesa de Pablo afirmou já ter entrado com um pedido de liberdade provisória, mas ainda não foi julgado.

Entenda o caso

A garota de programa, que estava grávida, foi morta no dia 11 de setembro de 1998, depois de ser arrastada por mais de dois quilômetros na avenida Caramuru, na zona Oeste de Ribeirão Preto. O Ministério Público acredita que, após uma discussão, o empresário prendeu a garota ao cinto de segurança de sua Mitsubishi Pajero e a arrastou intencionalmente.

Já a defesa diz que ela teria ficado presa no cinto ao descer do veículo e Pablo não teria percebido que estava arrastando a mulher.

O empresário foi pronunciado por homicídio triplamente qualificado e chegou a ficar 2 anos e 3 meses preso. No entanto, até o julgamento, ele estava em liberdade..

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também