Aguarde...

cotidiano

Prefeitura relaxa restrições da quarentena em Ribeirão Preto

Regras mais rígidas, impostas por decreto municipal, vencem no domingo (2) e não serão renovadas pelo Executivo

| ACidadeON/Ribeirao

Comércio ainda não pode reabrir devido á quarentena vermelha (Foto: Weber Sian / ACidade ON)

A Prefeitura de Ribeirão Preto não vai renovar as restrições mais rígidas do isolamento social, impostas pelo decreto municipal 170 / 2020. No entanto, a região segue na fase vermelha da quarentena do Governo do Estado (veja mais abaixo).

A validade deste decreto (170 / 2020) termina no domingo (2). Com isso, a partir de segunda-feira (3), por exemplo, as lojas de conveniência podem voltar a vender bebidas após as 18 horas.

Também deixam de vigorar as restrições para o acesso aos supermercados. Até domingo, apenas um membro do grupo familiar pode entrar nos supermercados, menores de 16 anos tem acesso vetado e há restrição de horário de funcionamento.

Para serem considerados estabelecimentos essenciais, os varejos precisam ter 70% de seus produtos classificados como higiene, limpeza e alimentação. A regra, por exemplo, provocou o fechamento da Havan. Essa norma também termina neste domingo (2).

Outras medidas, como o uso de máscara em locais públicos e o veto às aglomerações seguem vigor. Esse relaxamento do município também não muda a situação do comércio de rua e dos shoppings, que estão liberados para trabalharem apenas com drive-thru e delivery.


Quarentena vermelha

Mesmo com alguns relaxamentos nas regras municipais, Ribeirão Preto e região permanecem na fase vermelha da quarentena imposta pelo Plano São Paulo, que é do Governo do Estado.

Para sair desta fase vermelha, a região precisa manter a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento da covid-19 abaixo de 80%. A próxima atualização do Plano São Paulo será no dia 7 de agosto. (veja mais sobre o Plano São Paulo clicando aqui)

Fases atuais do Plano SP; Região de Registro foi rebaixada à fase vermelha

Mais do ACidade ON