cotidiano

Especial Coronavirus

Hospital em Ribeirão adota novo protocolo para testes da covid-19

Com aumento da demanda, Unimed de Ribeirão Preto limitará testagem a pacientes graves e de grupo de risco; Veja como está a situação em outras operadoras da cidade

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Hospital em Ribeirão adota novo protocolo para testes da covid-19 teste - Foto: Divulgação/Agência Brasil 

A partir desta quinta-feira (20), a Agência Nacional de Saúde (ANS) passou a obrigar os planos de saúde a incluir os testes rápidos da covid-19 na lista de cobertura obrigatória.

A resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), diz que a testagem deve ser disponibilizada para todos os pacientes que apresentem sintomas de Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave, desde que entre o 1º e 7º dia do início dos sintomas.  

A decisão da ANS segue o mesmo posicionamento emitido na véspera, e também por unanimidade, da Comissão de Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde Suplementar (Cosaúde) - confira os detalhes clicando [aqui]   

Demanda alta  

A reportagem do acidadeon, ouviu três operadoras de saúde de Ribeirão Preto, sobre a forma que estão procedendo em relação ao testes para a detecção da covid-19.   

Em nota, o Grupo Hapvida, antigo São Francisco, disse que afirmou que a empresa já segue as diretrizes da Agência Nacional de Saúde (ANS):  

"No que se refere à resolução normativa 478, publicada no último dia 19 de janeiro, a companhia reforça que, atualmente, já disponibiliza os testes rápidos nos atendimentos de urgência, conforme a avaliação da necessidade clínica pelo profissional médico. Nos atendimentos eletivos, realizados com hora marcada, os testes rápidos para detecção do antígeno poderão ser realizados na unidade de coleta laboratorial do Mais Saúde, também conforme a avaliação médica, também indicado na resolução normativa", diz a nota.   

Unimed 

Já o grupo Unimed Ribeirão, relata o aumento na procura pelos testes nas últimas duas semanas, o que acarretou no desabastecimento do insumo em todo o território nacional. 

Em razão disso, a empresa passa a adotar a partir deste fim de semana, uma nova estratégia baseada em critérios de risco clínico e na necessidade de manutenção da sua capacidade assistencial. A testagem, portanto, será realizada em pacientes que apresentarem um quadro clínico de síndrome gripal e que se encaixem em um dos critérios abaixo:

-Profissionais da saúde
-Pacientes com quadros clínicos graves que necessitam de internação
-Pacientes que possuem condições clínicas de base que aumentem o risco de complicação da covid-19

"Estes novos procedimentos de testagem só foram adotados devido à alta nos atendimentos e desabastecimento dos testes por parte dos fabricantes. O mesmo procedimento está sendo realizado em instituições privadas e públicas de saúde de todo o País. Tão logo haja normalização da relação entre demanda e disponibilidade do teste, haverá uma revisão desses critérios", reafirma a empresa, também por meio de nota. 

Santa Casa Saúde 

Em nota,  a Santa Casa Saúde Ribeirão disse que está realizando os testes de Covid-19 em todos os casos, de acordo com o protocolo médico disponibilizado no Pronto Atendimento (PA) presencial ou no virtual. 

Hospital Unimed 24 horas - Foto: Divulgação/assessoria

Publicidade