Publicidade

cotidiano

Infectologistas iniciam visitas em escolas municipais de Ribeirão

Profissionais vão averiguar se as unidades estão preparadas para receber os estudantes no retorno das aulas presenciais

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Infectologistas iniciam visitas em escolas municipais de Ribeirão Preto - Foto: Divulgação/Prefeitura

As escolas municipais de Ribeirão Preto começam a receber neste sábado (17), a partir das 8h30, a vistoria dos três médicos infectologistas que foram contratados pela Secretária Municipal da Educação. Os profissionais vão avaliar o ambiente escolar e o transporte dos alunos e estabelecer critérios, para o retorno seguro das aulas presenciais.  

A ação faz parte do acordo entre a Prefeitura de Ribeirão Preto, o Sindicato dos Servidores Municipais e a Justiça do Trabalho que ainda prevê que as aulas só sejam retomadas após a vacinação integral dos profissionais da Educação.

Os nomeados para o trabalho, conforme consta no Diário Oficial (DO) desta sexta-feira (16), são os médicos Fernando Belíssimo Rodrigues, Renata Teodoro Nascimento e Valdes Roberto Bolella, da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FAEPA).

Cronograma  

Segundo a Secretaria Municipal da Educação, a primeira unidade a receber a visita da equipe técnica será a Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Jarbas Massullo, no Parque São Sebastião; Na sequência, será a vez da Emef Professora Dercy Célia Seixas Ferrari, no Jardim Juliana. As duas unidades ficam na zona Leste da cidade. 

A pasta ainda informou que desde o ano passado todas as unidades escolares já receberam os EPIs necessários: máscaras para alunos, professores e funcionários, face shields, aventais, termômetros infravermelhos, fita zebrada, sabonete líquido, água sanitária, álcool líquido e álcool em gel.  

Também disse que todas as escolas realizaram adequações necessárias para o retorno, tais como demarcações no solo, nos refeitórios, pátios, banheiros nas salas de aula, sanitização dos ambientes, bem como a aquisição de materiais para o cumprimento dos protocolos sanitários.


Mais notícias


Publicidade