Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

PM resgata homem de tribunal do crime e detém tio e sobrinho

Dupla é suspeita de sequestrar vítima de 33 anos, que seria julgada em favela de Ribeirão Preto por suposta tentativa de estupro contra a namorada de um deles

| ACidadeON/Ribeirao

Vítima foi resgatada pela Polícia Militar (Foto: Divulgação PM)
 

Um homem de 33 anos foi resgatado pela (PM Polícia Militar) na noite desta quinta-feira (6), em uma favela na zona Norte de Ribeirão Preto, onde ocorreria uma espécie de julgamento pelo tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital). Tio e sobrinho, de 62 e 22 anos, que seriam integrantes da facção, foram detidos.  

Segundo o que a PM apurou, a vítima estaria sendo acusada de uma suposta tentativa de estupro contra a namorada de um dos detidos o sobrinho.  

A dupla teria atraído a vítima até uma casa, também na região Norte, com a oferta de emprego.  

Logo após, tio e sobrinho teriam sequestrado o homem, o colocado em uma caminhonete e o levado até uma residência desabitada na favela União para que o destino de vítima fosse decidido junto a um disciplina da facção pessoa que fiscalizaria as ações do grupo. Em casos de crimes graves como o estupro, geralmente, a pena é a morte do envolvido. 

Amizade pela internet

A polícia ainda apurou que a suposta tentativa de estupro teria ocorrido depois que a vítima e a namorada do integrante da fação se conheceram por meio de em uma rede social e combinado de ir a uma entrevista de emprego em um buffet.  

A vítima afirmou à PM que a entrevista acabou desmarcada e que, então, rumou com a mulher para um motel. No entanto, o homem alegou que a liberou após apenas terem se beijado e de a mulher dizer que não queria mais nada com ele.  

Tio e sobrinho foram levados à CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde pagaram fiança de R$ 1 mil cada um e acabaram liberados.  

O boletim de ocorrência (BO) foi registrado como sequestro e cárcere privado e a investigação deve ser conduzida pelo 3º Distrito Policial de Ribeirão.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook