Aguarde...

cotidiano

Foragido após condenação tinha vida tranquila em cidade natal na Bahia

O ex-vigilante Aurelito Borges Santiago foi condenado a 21 anos e 4 meses pela morte do estudante Rodrigo Bonilha, em 2008 ; O jovem foi baleado em frente a um buffet na zona sul de Ribeirão

| ACidadeON/Ribeirao

 

O ex-vigilante Aurelito Borges Santiago, preso na Bahia - Foto: Divulgação/Policia Civil

O ex-vigilante Aurelito Borges Santiago, que fugiu do Fórum de Ribeirão Preto antes da condenação e foi preso nesta terça-feira (22) após 7 anos foragido, estava vivendo uma vida tranquila na cidade natal dele em Sento-Sé, norte da Bahia. 

De acordo com a delegada Lígia Sá da 17ª Coorpin (Coordenadoria Regional do Interior de Juazeiro), Aurelito usava um nome falso e estava trabalhando na padaria de um primo. "Desde que veio de São Paulo, ele se manteve em Sento-Sé, trabalhava com esse primo vendendo pães", disse. 

Apesar da fisionomia diferente, os investigadores reconheceram o criminoso por meio de fotos e passaram a monitorá-lo desde semana passada. "Na hora que foi abordado, ele se identificou como José Aurélio. Ele ainda tentou fugir, mas acabou contido e preso pela equipe", disse a delegada. 

Aurelito foi encaminhado para o Conjunto Penal de Juazeiro e deve ser transferido para Ribeirão Preto na semana que vem, quando passará por exame de corpo de delito e seguirá para o presídio para cumprir a pena.

O crime 

O ex-vigilante Aurelito Borges Santiago foi condenado a 21 anos e 4 meses por ter matado o estudante Rodrigo Bonilha com um tiro nas costas em 2008. O crime foi em frente a um buffet na zona sul de Ribeirão, onde Aurelito trabalhava. 

Em março de 2014, antes de ser condenado pela Justiça, ele desapareceu do Fórum e nunca mais foi visto. Como estava respondendo ao crime em liberdade, ele tinha autorização para se locomover livremente no dia do júri. (relembre o caso clicando aqui)




Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON