Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

docon

Região metropolitana: ativo demográfico em expansão

O ativo demográfico mostra uma realidade que nem sempre é percebida aos desatentos e mesmo a olho nu

| ACidadeON/Ribeirao

O professor Vicente Golfeto (Foto: Weber Sian / ACidade ON)
O ativo demográfico (repositório do capital humano, considerado sempre modernamente o mais importante dos capitais) mostra uma realidade que nem sempre é percebida aos desatentos e mesmo a olho nu. 

O nosso foco, hoje, são os 34 municípios que compõem a região metropolitana de Ribeirão Preto. Levando-se em conta, no arco do tempo, os exercícios de 2012 em comparação com 2019 e de 2018 comparado ao de 2019, sempre por meio da estimativa no dia 15 de julho, do IBGE, nós verificamos que não houve muita mudança no elenco da população de cada um dos municípios.  

À frente, até chegar a Ribeirão Preto, localizam-se oito municípios considerados de população mais modesta. Os três mais populosos são Ribeirão Preto, Sertãozinho e Jaboticabal, todos com dinamismo demográfico menor do que os sete situados acima de Ribeirão Preto. É importante notar que, quando, no arco do tempo, a consideração e a comparação são no biênio 2018 e 2019, o elenco foi muito pouco modificado. Quase nada. 

Os mais dinâmicos continuam sendo os sete primeiros, se o corte for considerado como sendo o mais populoso. De qualquer forma, é preciso começar a investigação para se saber as causas do maior crescimento demográfico não raro de municípios menos populosos. Por exemplo: a dinâmica de Luiz Antônio, situada em 1° lugar de 2 012 a 2 019, foi mantida no biênio 2 018/2 019. A população daquele município expandiu 2,43% contra, por exemplo, 1,09% de Sertãozinho, 0,52% de Jaboticabal e 1,26% de Ribeirão Preto. A diferença, como se vê, não é pequena. 

Os quadros abaixo provam claramente, com números, o que estamos tentando mostrar com palavras. 
 


Investigamos também, mas será assunto de um comentário futuro, a população dos 88 municípios que compõem, somados, o que consideramos como sendo a macrorregião. Ela coincide com o que, geograficamente, se denomina de nordeste paulista. Por acaso, somamos os 34 municípios mais dinâmicos, em termos de população, da macrorregião. E mostramos também que os mais populosos (Ribeirão Preto, Franca, Araraquara, São Carlos, Sertãozinho e Barretos) não estão entre os dez mais dinâmicos.

Mais do ACidade ON