Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Esportes

Taça do Brasileirão já tem o tom esverdeado

Confira o que fala o jornalista Márcio Bernardes sobre o momento dos quatro times grandes de São Paulo

| ACidadeON/Ribeirao


Taça Verde

A taça do Brasileiro de 2018 está se transformando. Se vê uma cor prata, porém esverdeando, cada vez mais enfatizada com a marca da Sociedade Esportiva Palmeiras. É quase impossível colocar outra cor no símbolo da conquista.

Os palmeirenses esperam apenas a confirmação aritmética. Os adversários, mesmo os mais fanáticos, reconhecem que está dificílimo tirar do Parque Antarctica o troféu deste ano.

Principalmente porque os adversários restantes que o Palmeiras deverá enfrentar não oferecerão tanta resistência. Só um tsunami monumental para mudar o curso dessa história.

O Palmeiras é o clube que mais tem investido nos últimos anos. Seu elenco é reconhecidamente bom. Em 2018 a torcida esperou a "Tríplice Coroa" que não veio. Primeiro foi a desclassificação injusta na Copa do Brasil. Depois a justa eliminação na Libertadores. E não se pode esquecer da polêmica final do Paulistão. Todos esses fatos valorizarão ainda mais a conquista do Brasileiro. E cá entre nós, será merecido.

Um matou o outro

São Paulo e Flamengo fizeram um grande jogo no Morumbi. Quatro gols, belas jogadas, dois milagres de Sidão e um empate que também teve cores esverdeadas. Ninguém mais do que o Palmeiras vibrou tanto com o resultado. O Flamengo não encostou e o São Paulo não subiu. Agora a diferença para o líder do segundo colocado, o Internacional, é de cinco pontos.

Não vai cair

O Corinthians não irá para a Série B em 2018. Nem tanto pela sua incompetência. É porque para a sorte da Fiel neste ano há times muito fracos. A lista para o rebaixamento é grande. Mas a diretoria tem de tomar providências e reforçar o grupo para 2019. Caso contrário, o que se vê é perigo pela frente.

Libertadores

O Santos melhorou muito no segundo turno. Tem boas chances de chegar à Libertadores, pelo menos em sexto lugar no Brasileiro. A evolução com Cuca está sensacional. Mas a diretoria não pode atrapalhar.