Publicidade

esportes

Brasil não apresenta bons resultados e cai em três categorias na Natação

Em mais um dia de eliminatórias na modalidade, brasileiros ficam fora dos 100m borboleta, dos 800m livre e do revezamento 4x100 medley misto

| ACidade ON -

O Brasil mais uma vez não apresentou bons resultados na Natação. Na tentativa de ir às semifinais individuais, Matheus Gonche e Vinícius Lanza, nos 100m borboleta, e Viviane Jungblut, nos 800m livre, não conseguiram ficar entre os 16 melhores tempos das Olimpíadas de Tóquio e foram eliminados nesta quinta-feira (29).

No revezamento 4x100 medley misto, prova que fez estreia nesta edição dos Jogos, a equipe brasileira também não seguiu para disputar medalhas. Todas as disputas foram realizadas no Centro Aquático de Tóquio.

100m borboleta 

Vinicius Lanza e Matheus Gonche foram eliminados nos 100m borboleta. Lanza, que disputou a sexta bateria, terminou em oitavo lugar, com o tempo de 52s08. O húngaro Kristof MIlak foi o vencedor da eliminatória cravando 50s62. 

Estreante em Olimpíadas, Gonche disputou a quarta bateria e chegou em sétimo lugar, com o tempo de 53s02. O vencedor da bateria foi Santiago Grassi, da Argentina, com 52s07. 

Estreante em Olimpíadas, Matheus Gonche não conseguiu classificação nos 100m borboleta (Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

800m livre

A brasileira Viviane Jungblut chegou em terceiro lugar na primeira eliminatória dos 800m livre com o tempo de 8min38s88 e não avançou à final. A vencedora da bateria foi a neozelandesa Eve Thomas (8min32s51), seguida pela chilena Kristel Kobrich (8min32s58).  

Viviane Jungblut chegou em terceiro lugar em sua bateria e não avançou para próxima fase dos 800m livre (Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

4x100m medley

O Brasil chegou em sexto lugar na primeira eliminatória do revezamento 4x100 m medley misto, com o tempo de 3min46s74. Com esse resultado, o Brasil não avançou para a final. 

A equipe brasileira foi formada por Guilherme Basseto, Felipe Lima, Giovana Diamante e Stephanie Balduccini. O vencedor da série foi a Grã-Bretanha, com o tempo de 3min38s75. EUA (3min41s02) e Holanda (3min43s25) vieram em seguida.

Na estreia da categoria 4x100 m medley misto, Brasil não consegue vaga na final (Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA)


Mais notícias


Publicidade