Aguarde...

esportes

Líbero Serginho, do Vôlei Ribeirão, anuncia aposentadoria

Aos 44 anos, o bicampeão olímpico garante que tudo valeu a pena; Atleta se despedirá neste domingo (17), em matéria exibida no Esporte Espetacular, da TV Globo

| ACidadeON/Ribeirao

Serginho chegou ao Vôlei Ribeirão em setembro de 2019 (Foto: Fernando Gonzada / Prefeitura de Ribeirão Preto)
O bicampeão olímpico Serginho, que defendeu o Vôlei Ribeirão durante a temporada 2019 / 2020, anunciou a aposentadoria. O líbero, de 44 anos, irá oficializar o adeus neste domingo (17), em reportagem especial no programa Esporte Espetacular, da TV Globo. A informação foi confirmada neste sábado (16) pelo site Globoesporte.  
 
"Hoje poder parar, para mim é a melhor coisa do mundo. Poder encerrar a carreira e dizer que tudo valeu a pena. Cada manchete, cada peixinho, cada viagem, cada título ganho, cada título perdido. Meu choro hoje é de felicidade. As pessoas que quiserem lembrar de mim, joguem voleibol. Só isso", disse Escadinha, apelido que ganhou nos tempos de seleção brasileira, em entrevista a ser exibida no Esporte Espetacular. 
 

Carreira  
 
Nascido em Nova Londrina (PR), Serginho ganhou notoriedade ao sair de Pirituba, na periferia de São Paulo. Ao lado do técnico Bernadinho, o atleta permaneceu por quase 20 anos na seleção brasileira. Ele e o treinador se aposentaram da equipe nacional após o ouro conquistado na Olimpíada do Rio, em 2016.  
 
Conhecido por viver diversas gerações dentro da quadra, o líbero também foi ouro em Atenas, em 2004, e conquistou duas medalhas de prata em Jogos Olímpicos: Pequim 2008 e Londres 2012.  
 
O atleta, ainda, tem no currículo sete Ligas Mundiais, um Pan-Americano, duas Copas do Mundo, além de dois Mundiais.   

 
Chegada a Ribeirão Preto 
 
Serginho chegou ao Vôlei Ribeirão em setembro de 2019. Sem cerimônia oficial, o atleta fez sua última partida como profissional em 7 de março. Na ocasião, antes do encerramento da Superliga 2019/2020, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Cavalo Ace derrotou o Minas, por 3 sets a 2. 
 
Em entrevista concedida nesta sexta (15) à live "Papo Aberto do Esportes", da Secretaria de Esportes de Ribeirão Preto, o ex-atleta contou como recebeu o convite para defender a equipe ribeirão-pretana. 
 
"Não pensei duas vezes. Para mim, foi muito bom, me divertir muito na cidade de Ribeirão Preto jogando vôlei. Quando o Lipe [Fonteles, presidente do Vôlei Ribeirão] me ligou ele disse, vai lá e se diverte e faça com quem essa molecada [os atletas] se divirtam. Foi um dos anos que mais me diverti jogando", disse. 
 
Até o momento da publicação desta notícia, o Vôlei Ribeirão não se posicionou em relação à aposentadoria. 

Mais do ACidade ON