Aguarde...

Especial Névio Archibald

Vereador diz que Ribeirão terá auxílio emergencial municipal

De acordo com o parlamentar, 20 mil pessoas serão beneficiadas; Prefeitura nem confirma, nem desmente

| ACidadeON/Ribeirao


Câmara arquivou pedido de afastamento do prefeito (Foto: ACidade ON)

A Prefeitura de Ribeirão Preto pode adotar um auxílio emergencial, aos moldes do que existe no Governo Federal, para atender cerca de 20 mil pessoas que tiveram a renda prejudicada pela pandemia.

A informação é do presidente da Câmara de Vereadores, Alessandro Maraca (MDB). Segundo postagem do parlamentar nas redes sociais, esse auxílio vai utilizar os recursos que o Legislativo não vai usar no exercício de 2021 (entenda a situação mais abaixo).

O ACidade ON questionou a Prefeitura sobre o auxílio, mas o Executivo não confirmou, nem desmentiu. A reportagem questionou como os beneficiários serão escolhidos e como seria a distribuição do recurso.
 



Dinheiro da Câmara

Anualmente, a Câmara é obrigada a devolver o recurso que não utiliza ao longo do exercício. No ano passado, o Legislativo devolveu cerca de R$ 24 milhões.

Em 2021, é esperada uma economia ainda maior já que ocorreu a diminuição do número de vereadores de 27 para 22.

Só com os salários - vereador e assessores - cada gabinete tem custo mensal de cerca de R$ 50 mil. Ou seja, só no corte de salários a economia vai aumentar em R$ 3 milhões.


Proposta da concorrente

Durante a campanha da disputa pelo cardo de prefeita, em 2020, a então candidata Suely Vilela (PSB) propôs criar uma linha de crédito para o pequeno empreendedor utilizando o recurso devolvido pela Câmara de Vereadores.

Suelyu foi derrotada no segundo turno das eleições, que terminou com Duarte Nogueira (PSDB) reeleito prefeito.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON