Aguarde...

Cotidiano

Ibaté registra 24 casos de dengue em 2020, diz a Prefeitura

Há dois casos suspeitos aguardando resultados de exames; Jardim Cruzado e Icaraí lideraram número de doentes

| ACidadeON/São Carlos

Arrastão removeu sujeira, móveis velhos e possíveis focos de Aedes em dois bairros. Foto: Divulgação / Prefeitura de Ibaté
A cidade de Ibaté divulgou o balanço anual de casos de dengue. Foram registrados 24 casos positivos e 115 negativos, segundo a Prefeitura. Nessa atualização, dois casos suspeitos aguardavam resultados de exames.  

Os bairros que tiveram mais casos foram Jardim Cruzado (9), Jardim Icaraí (3), São Benedito (2), Centro (2) e CDHU (2). "Outras cidades" e os bairros Popular, Jardim América, Santa Terezinha, Jardim Menzani e Vila Bandeirantes tiveram apenas um cada.  

Segundo a Prefeitura, o último caso de dengue confirmado no município foi no dia 19 de junho de 2020 e, com isso, Ibaté está há mais de seis meses sem novos registros da doença, resultado de ações de orientação que são realizadas contra o criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.  

Em dezembro de 2020, em uma ação conjunta entre a Vigilância Epidemiológica, Serviços Públicos e Fiscalização, a Prefeitura de Ibaté realizou um Arrastão contra a Dengue no bairro Popular e no bairro Encanto do Planalto, contabilizando mais de mil casas visitadas e a retirada de 16 caminhões de lixos dos dois bairros.  

Ibaté vem realizando um trabalho contínuo contra a Dengue, com ações que são intensificadas no período de chuvas e com orientações para eliminar criadouros do Aedes aegypti. O ciclo de vida do mosquito é de 7 a 10 dias, por isso, cada munícipe, mesmo aquele que more em bairros que não tenham casos registrados, deve fazer a limpeza de seu quintal uma vez por semana.  

Os principais cuidados que devem ser tomados são: manter a caixa d´água sempre fechada, guardar garrafas de cabeça para baixo, furar vasos e pratos de plantas ou encher de areia até a borda, deixar as calhas d'água limpas de folhas, galhos e sempre desobstruídas, efetuar tratamento adequado em piscinas com cloro, fechar com tela e adicione sal ou água sanitária, semanalmente, em ralos e canaletas.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON