Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Padre supostamente bêbado é agredido após causar acidente em Ribeirão

O padre teria batido na traseira de uma motocicleta parada, próximo a rodovia Anhanguera, e acabou sendo agredido pelo outro motorista

| ACidadeON


Carro do padre teria sido quebrado pelo motociclista (Foto: Divulgação)

Um padre de 48 anos se envolveu em um acidente seguido de briga de trânsito, na madrugada deste domingo (8), e acabou detido pela Polícia Militar por estar supostamente embriagado. O caso ocorreu na rodovia Anhanguera (SP-330), próximo ao Quintino Facci I, em Ribeirão Preto.  

De acordo com informações de um Termo Circunstanciado, registrado pela Polícia Civil, o pároco não teria respeitado um sinal de "pare" e bateu na traseira de uma motocicleta estacionada, ocupada por duas pessoas.  

O veículo, inclusive, teria ficado preso no para-choque do carro, modelo VW/Fox.  

Por esse motivo, o motociclista alegou às autoridades que tentou questionar a outra parte e percebeu o modo desconexo com que ela falava, repetindo: "vou pagar a moto e vamos trabalhar".  

Consta no documento, ainda, que o jovem chegou a agredir o padre com um capacete e quebrou alguns vidros do automóvel. Ferimentos no braço esquerdo dele, semelhantes ao de cortes com vidro, foram constatados.  

Em contrapartida, o padre contou à PM que foi perseguido pelo motociclista e outras pessoas que estavam no entorno. Por isso, teria tentado fugir, sem sucesso. Uma corrente de ouro também teria sido roubada durante a confusão.  

Autuação  

Às 2h51, os policiais teriam chegado ao local do acidente e submetido o pároco ao teste do bafômetro, com resultado positivo.  

Os motoristas foram encaminhados à CPJ (Central de Polícia Judiciária) da rua Duque de Caxias, onde a ocorrência foi apresentada, e inclusos no TC por lesão corporal.  

Agora, o caso será investigado pela Polícia Civil.   

Não há mais informações sobre a autuação em flagrante por embriaguez ao volante a qual o padre teria sido acusado.  

Outro lado  
 
Na manhã desta segunda-feira ((9), ACidade ON tentou entrar em contato com o padre e na paróquia onde ele atua, mas não obteve retorno. 

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON