26 de maio de 2024
- Publicidade -
Tudo Inovação

Plataforma de IA une animais resgatados aos tutores no RS

Mais de 11 mil animais já foram salvos da enchente e a maioria estão em abrigos e lares provisórios e aguardam esse reencontro com seus donos

Animais perdidos mapeados em plataforma (Foto: Reprodução)

Em meio às enchentes que afetaram o Rio Grande do Sul nessas semanas, um casal de Canoas desenvolveu a plataforma Pets RS para auxiliar no reencontro entre os animais de estimação resgatados com seus tutores.


Como funciona

Utilizando inteligência artificial (IA) e visão computacional, Gustavo Furtado e Jéssica Phoenix criaram uma ferramenta que já conta com quase 3 mil tutores cadastrados e 1,4 mil animais, facilitando a busca e identificação dos pets.


Com a colaboração de equipes da A-Players, Zeno Junior e o suporte de softwares como Monday.com e Pix Force. O processo para encontrar animais perdidos no RS é simplificado por meio de um formulário online, onde os tutores fornecem informações essenciais como nome do pet, sexo, cor, porte, imagens de qualidade e WhatsApp para contato.


Os registros de animais em abrigos também são feitos por meio desse sistema, permitindo uma gestão mais eficiente dos dados. Furtado disse em uma entrevista à Exame que atualmente esse trabalho é feito manualmente por voluntários, o que leva mais tempo.


Apesar das dificuldades, a plataforma está em pleno funcionamento e já realizou seu primeiro reencontro na semana passada.


Para conhecer o Pet RS, basta acessar https://petsrs.com.br/


Outras iniciativas


Além da plataforma de Canoas, outras iniciativas estão em curso para ajudar na localização de animais resgatados. O portal Ajude RS criou a página “Encontre seu cachorro” https://app.ajuders.com.br/busca-animais.


O tutor insere uma foto de seu pet e a página traz animais resgatados com as características da foto e a localização de onde estão. Já são mais de 1 mil animais cadastrados.

- Publicidade -

Outra ajuda vem do centro de eventos da UFSM que se tornou um ponto de apoio, recebendo cães e gatos resgatados por ONGs durante as enchentes.

Mais de 150 pets já foram cadastrados, recebendo cuidados médicos, identificação por microchips e tendo suas informações disponibilizadas em perfis específicos no Instagram, como @soscomunidades.ufsm e @animaissm.


Há ainda diversos perfis no Instagram criados por voluntários dos abrigos de todas as cidades afetadas para compartilhar os animais que estão no local na tentativa de encontrar os tutores.


Segundo a Agência Brasil, a secretaria estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) informou que voluntários e agentes das forças de segurança do RS já resgataram mais de 11 mil animais.

- Publicidade -

LEIA MAIS:
Posso declarar o Imposto de Renda no feriado?

- Publicidade -
plugins premium WordPress