22 de maio de 2024
- Publicidade -
Tudo Notícias

Até quando vai a nova onda de calor no estado de São Paulo?

Com a chegada de nova onda de calor no estado de São Paulo, as temperaturas podem ficar até 5ºC acima da média

Com a chegada de nova onda de calor no estado de São Paulo, as temperaturas podem ficar até 5ºC acima da média. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Se você estava esperando pelas temperaturas mais amenas do Outono, saiba que o país se prepara para enfrentar uma nova onda de calor. Nesta segunda-feira (22), a Climatempo emitiu um aviso para uma alta nos termômetros, com origem em uma área de grande pressão na média atmosfera, que atuará como bloqueio atmosférico. Veja a seguir até quando vai a onda de calor em São Paulo:

Até quando vai a nova onda de calor no estado de São Paulo?

Segundo a Climatempo, a nova onda de calor no estado de São Paulo vai até o dia 2 de maio, podendo se estender ao longo da primeira semana do próximo mês.

A partir de hoje, o sistema de alta pressão deve ganhar força sobre áreas do Mato Grosso do Sul e Paraná e, aos poucos, migrar para o leste do Sudeste do país entre o fim de abril e início de maio.

Ainda de acordo com a Climatempo, como o sistema ficará praticamente estacionado sobre o Centro-Sul brasileiro, ele bloqueará a chegada de frentes frias no Centro-Oeste e Sudeste. Com isso, essas regiões devem registrar ar seco e intensificação do ar quente.

LEIA TAMBÉM

Que horas dará para ver o “Cometa do Diabo”?

Nova vacina contra a covid-19 chega à população em 15 dias

- Publicidade -

Como ficam as temperaturas no estado de São Paulo?

A previsão da Climatempo é que as temperaturas em São Paulo fiquem 5°C acima da média entre 22 de abril e 2 de maio.

Quais regiões de São Paulo serão afetadas pela onda de calor?

A expectativa é que, no oeste de São Paulo, as temperaturas superem os 35º em diversos pontos. Nestas áreas, além das tardes quentes, os moradores também devem lidar com madrugadas abafadas.

Já nas áreas do leste do estado, as mínimas podem ser mais baixas por causa da subsidência e ao ar seco. Isso vai resultar em uma amplitude térmica considerável entre máximas e mínimas ao longo do dia. Assim, a diferença nas temperaturas pode chegar a valores como 18ºC, 20ºC ou 22ºC.

- Publicidade -

LEIA MAIS

Quando sai a primeira parcela do 13º para aposentados do INSS?

Larissa de Morais
Formada pela Universidade São Francisco, é Assistente de Mídias Digitais do Tudo EP, ACidade ON e EPTV Campinas, onde também foi estagiária de jornalismo. Com passagem por sites de entretenimento e jornalismo independente, tem experiência em redação de material jornalístico para editorias de diferentes segmentos de hard e soft news e em produção de conteúdo para redes sociais.
- Publicidade -
plugins premium WordPress