23 de julho de 2024
- Publicidade -
Tudo Saúde

O que é dieta paleolítica?

Baseada em produtos “in natura”, a dieta paleolítica é semelhante a que os homens das cavernas consumiam; veja detalhes

Frutas fazem parte da dieta paleolítica
Frutas fazem parte da dieta paleolítica (Foto: Reprodução/ Pixabay)

Você sabe o que é uma dieta paleolítica? O jogador espanhol Marcos Llorente, do Atlético de Madrid, revelou ter hábitos alimentares inspirados nos homens da caverna: a dieta paleolítica. A informação foi divulgada durante uma entrevista e despertou a atenção de muita gente. Confira abaixo:

O que é dieta paleolítica?

A dieta paleolítica é aquela baseada em produtos “in natura”. A ideia parte de um princípio que os ancestrais da raça humana evoluíram para metabolizar esses alimentos naturais, e que a alimentação moderna pode contribuir para problemas de saúde como obesidade e doenças cardíacas. Assim, a dieta exclui alimentos como os:

  • Industrializados;
  • Cereais;
  • Leites e derivados;
  • Café;
  • Bebida alcoólica;
  • Leguminosas.

LEIA TAMBÉM
Como melhorar a sua autoestima?
Quais são os riscos de manter os pés no gelo e sal?

Portanto, de acordo com nutricionistas, consiste, fundamentalmente, ao que está relacionado à “coleta e à caça”, como:

  • Frutas;
  • Oleaginosas;
  • Carnes com baixo teor de gordura;
  • Peixes e frutos do mar;
  • Ovos;
  • Verduras;
  • Mel;
  • Gorduras e óleos saudáveis, como de abacate e azeite extravirgem;
  • Sementes;
  • Água.

“A dieta paleolítica é um estilo de vida e uma forma de viver. Com isso viverei e morrerei. Faço-a pela saúde e não pelo futebol. Tenho a certeza de que, quando terminar a minha carreira, continuarei a cuidar de mim da mesma forma ou até melhor do que faço agora”,

disse Llorente.

Benefícios e malefícios da dieta

Segundo profissionais da nutrição, esse cardápio pode sim trazer alguns benefícios, como a perda de peso, melhora da saúde metabólica e melhor qualidade de vida. Sobretudo, o indivíduo, a longo prazo, pode desenvolver deficiências nutricionais. 

De acordo com o GE, é importante a pessoa balancear o cardápio para não correr o riscos de desregular o metabolismo. Por isso, antes de aderir, é fundamental o contato com um médico.

LEIA MAIS
Quando sai o resultado do 40° exame da OAB?

Compartilhe:
Anthony Souza

editor
É jornalista e analista de Mídias Digitais Jr. do Grupo EP. Tem experiência com reportagens multimídia e produção de web documentário. É formado em jornalismo pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e tem afinidade com produção e edição de conteúdo para as redes sociais. Está no grupo desde 2022.
- Publicidade -
plugins premium WordPress