18 de abril de 2024
- Publicidade -
Tudo Saúde

Streptococcus pyogenes: conheça a doença mortal do Japão

Na internet, postagens divulgaram bactéria como “vírus comedora de ânus” e médico desmistificou afirmação; entenda

Japão enfrenta aumentos de casos graves de bactéria Streptococcus pyogenes
Japão enfrenta aumentos de casos graves de bactéria Streptococcus pyogenes (Foto: Reprodução/ U.S. Governmen)

Autoridades do Japão divulgaram notícias sobre alto índice de casos da Stss (síndrome do choque tóxico estreptocócico) que tem assolado a região. Essa doença é causada por uma bactéria “carnívora”, que pode levar à necrose de tecidos.

Segundo informações das agência de saúde japonesas, as infecções estão associadas a estreptococos do grupo A (Streptococcus pyogenes) e a taxa de letalidade da doença é de 30%.

Esse grupo de bactérias é transmitido por gotículas respiratórias. Portanto, médicos alertam que a melhor maneira de se proteger é a lavagem regular das mãos e o uso de máscaras.

LEIA TAMBÉM
Onde fica a medula óssea?
Quando os preços dos remédios vão subir?

Casos no Japão

Apenas em 2023, o Japão registrou 941 casos da síndrome do choque tóxico estreptocócico. Só neste ano, as infecções já chegaram a 517. As informações são do Japan Times.

Causas da Streptococcus pyogenes

Segundo o portal Manual MSD, as principais causas da síndrome de choque tóxico são o contato com as toxinas produzidas pelas seguintes bactérias:

  • Staphylococcus aureus
  • Estreptococos do grupo A

Ela pode ocorrer nas seguintes situações:

  • Quando uma incisão cirúrgica for infectada, mesmo quando a infecção parece pequena;
  • Quando o útero fica infectado após o parto;
  • Após cirurgia nasal se bandagens são usadas para preencher o nariz;
  • Em pessoas de outra forma saudáveis que tenham infecção de tecido por estreptococos do grupo A, geralmente da pele.

Sintomas de Streptococcus pyogenes

Ainda de acordo com o portal Manual MSD, os sintomas podem variar entre:

- Publicidade -
  • Febre alta;
  • Dor de garganta e inflamada;
  • olhos vermelhos;
  • diarreia;
  • dores musculares;
  • delírios;
  • erupção cutânea que parece queimadura de sol que cobre todo o corpo;
  • Pele escamada;
  • Líquido se acumula nos tecidos ;
  • Inchaço;
  • Sangue não coagula.

Essa é a doença do “vírus comedor de ânus”?

Afinal, esse é o “vírus comedor de ânus”? Na internet, alguns veículos de informação têm divulgado que a condição enfrentada pelo Japão seria a de um “vírus comedor de ânus”. Na verdade, não há nenhuma relação com os casos, já que vírus e bactérias têm inúmeras diferenças entre si.

No Instagram, o médico infectologista Vinicius Borges explicou que a doença já é conhecida há anos e alertou que a bactéria, na verdade, pode colonizar em orifícios corporais, como:

  • Ânus;
  • Garganta;
  • Narinas;
  • Genitais.

De acordo com o médico, essa doença é “causa comum de infecções de garganta (aquela que precisa tomar Benzetacil), de pele e febre reumática”.

LEIA MAIS
Quando é a missa do Lava-Pés?

- Publicidade -
Anthony Souza

editor
É jornalista e analista de Mídias Digitais Jr. do Grupo EP. Tem experiência com reportagens multimídia e produção de web documentário. É formado em jornalismo pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e tem afinidade com produção e edição de conteúdo para as redes sociais. Está no grupo desde 2022.
- Publicidade -
plugins premium WordPress