- Publicidade -
BairrosCampinas já teve bondes puxados por burros; conheça a história

Campinas já teve bondes puxados por burros; conheça a história

Primeiros carris eram puxados por tração animal (mulas e burros) e chegaram a cidade em setembro de 1879

- Publicidade -
- Publicidade -

Você sabia que Campinas já teve bondes? Os primeiros carris eram puxados por tração animal (mulas e burros) e chegaram a cidade em setembro de 1879. No começo, levavam os passageiros da estação ferroviária até a Praça da Catedral Metropolitana, pela Rua 13 de Maio, na região central. Mas, em 1912, foram substituídos pelos elétricos cujos carris eram movidos por uma rede de corrente contínua, com tensão de 600 volts.

No começo, eram importados, mas depois a companhia que os administrava começou a construir os veículos, e a cidade chegou a ter uma “linha interurbana”, circulando no velho Ramal Férreo Campineiro – herança da ferrovia a vapor entre o Centro e o distrito de Sousas.

O transporte ainda foi expandido até a Fazenda das Cabras, no distrito de Joaquim Egídio, onde circulava o “bondão”, em 1919, cujos carros eram maiores do que os que trafegavam na cidade.

Já nos anos de 1930, os bondes foram reformados, ganhando cobertura em forma de arco e nove fileiras de bancos. Em 1946, especificamente, o serviço foi comprado pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), que posteriormente o revendeu em 1952 à EFS (Estrada de Ferro Sorocabana).

- Publicidade -

Na sequência, dois anos depois, foi comprado pela CCTC (Companhia Campineira de Transportes Coletivos), que já mantinha ônibus na cidade.

Nessa época, o sistema operava 28 bondes em 14 linhas, que trafegavam por 58 quilômetros de trilhos – o auge da ferrovia campineira.

Bondes como obstáculo ao “progresso”

Mas, como os bondes trafegavam pelas ruas estreitas passaram a “atrapalhar” o trânsito dos carros motorizados. Isso porque um carril quebrado bloqueava o trânsito de uma rua toda. Por isso, em 1964, as linhas começaram a ser desativadas. Além disso, eram mal vistos pela política dos anos de 1960, que preconizava o automóvel e as rodovias.

Dessa forma, em 25 maio de 1968, o sistema de bondes de Campinas foi extinto. A última viagem foi feita pelo carril da linha 9, que atendia o Botafogo, transportando sobretudo alunos do colégio Culto à Ciência.

Veja essa história contada pelo professor de história e de geografia, Sidney Lisboa Rocha, produtor do canal @historiasdecampinas e parceiro do acidade on Campinas.

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Campinas? Siga o perfil do acidade on Campinas no Instagram e também no Facebook

Receba notícias do acidade on Campinas no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui!

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Campinas e região por meio do WhatsApp do acidade on Campinas: (19) 97159-8294.

LEIA TAMBÉM NO ACIDADE ON PIRACICABA

Dois cachorros são resgatados de casa que já teve 4 denúncias de maus-tratos

Nova vacina da covid-19: imunização começa nesta terça-feira em Limeira

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -