- Publicidade -
BairrosSemente Esperança: Conheça o projeto que ajuda crianças em vulnerabilidade na região do Jd. Proença

Semente Esperança: Conheça o projeto que ajuda crianças em vulnerabilidade na região do Jd. Proença

Região do Jardim Proença conta com outras instituições que oferecem apoio às comunidades carentes de Campinas

- Publicidade -

“Pegar firme nos compromissos”, esse parece ser o lema da ONG (Organização não Governamental) Semente Esperança, no Jardim Guarani, na região do Jardim Proença, em Campinas. A instituição é um centro socioeducativo que tem como principal objetivo acolher crianças e adolescentes da periferia.

“Aqui conhecemos lugares diferentes quando saímos para passeio e apresentações”, afirma Vithória Raquel, uma das atendidas na organização. O espaço parece viver da arte, cultura e esporte e leva oportunidades para quem mais precisa naquela parte de Campinas. A ONG funciona há 26 anos e, atualmente, atende 180 crianças, 30 adultos e cerca de 150 famílias.

- Publicidade -

De acordo com dados levantados pela Secretaria Municipal de Assistência Social, de 2023, pelo menos 1,2 mil novas famílias foram inseridas na lista de pessoas que vivem com uma renda mensal de até R$ 105 por pessoa em Campinas. Os dados representam um agravamento da situação social na cidade e projetos como os desenvolvidos pela organização ajudam a levar novas perspectivas às crianças e adolescentes.

“O projeto, na verdade, começou na casa de uma senhora, a dona Júlia. Ela acolhia as crianças que ficavam na periferia e fazia a função de cuidadora, de alimentação, na própria casa. E depois um grupo de senhoras começou a ajudar e a coisa cresceu, tomou forma. A dona Júlia faz isso até hoje”, quem narra a origem do projeto é Claudino Stevanatto, que hoje é voluntário do espaço.

A senhora continua fazendo o trabalho social na própria casa, mas Stevanatto explica que o projeto precisou se desenvolver mais e hoje a ONG conta com uma sede com diversas atividades e espaços para desenvolver aprendizados e habilidades. Deise Gil, junto com a dona Rosa, foram uma das fundadoras da instituição.

“Fazia parte do grupo de Ação Social do Guarani, organizando eventos beneficentes. Foi num desses eventos que conheci a Rosa (fundadora do Semente Esperança) e o seu trabalho social, ajudando crianças e famílias que eram cuidadas pela D. Júlia na comunidade do São Fernando”,

explica.

Entre as atividades, de acordo com o site da instituição, há os seguintes projetos disponíveis às famílias interessadas:

-Programa Corpo e Mente Saudáveis, que mistura esporte e lazer para fortalecer vínculos. As oficinas oferecidas são: “Eu sei cuidar do meu corpo”, “Recreação”, Karatê, Esportes e “Passeios”;

- Publicidade -

-Programa Arte e Cultura, que tem como proposta desenvolver potencialidades nas áreas da música e dança;

-Programa Semeando o Saber, que proporciona oficinas nas áreas de informática, animação, narração de histórias e de redação às crianças;

-Novos Rumos, que desenvolve habilidades e competências de adolescentes que estão iniciando a fase adulta. Segundo Stevanatto, esse é um projeto que prepara os jovens ao futuro. “Aqui temos diversas capacitações, como línguas, CLT, administração de empresas e diversas outras profissões”.

A instituição está localizada na Rua Crispim Ferreira de Souza, 144, no Jardim Paranapanema, que fica na região do Jardim Proença. Para participar, os interessados podem acessar o site (link) ou pelo telefone: (19) 3579-1487.

PÉ DE LIVRO

Na praça Rennê Chaves, conhecida como “Buracão”, no Jardim Proença, outro projeto chama atenção de quem visita o espaço. O “Pé de Livro” é uma iniciativa do CAIS (Centro de Apoio e Integração do Surdocego Múltiplo Deficiente) do bairro e consiste em disponibilizar livros gratuitamente no espaço público.

Segundo a coordenadora e técnica do CAIS, Márcia Helena Ramos Arias, o objetivo do projeto é incentivar a população a ler mais de forma informal e divertida. “Nós embalamos os livros doados e incluímos uma mensagem”, explica Márcia. Junto com cada livro, é possível encontrar bilhetes carinhosos. Um desses bilhetes incentiva:

“Faça parte dessa rede de conhecimento, traga um livro para doar”.

Para participar, basta ir à praça em qualquer dia e horário. O espaço está localizado entre as ruas Rosa Lopes, Lino Guedes, Cônego Oscar Sampaio e Dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho.

Vozes da Nossa Gente

Essa matéria faz parte do Projeto “Vozes da Nossa Gente”, que tem como foco no jornalismo hiperlocal e busca uma maior conexão com a comunidade. O “Vozes da Nossa Gente” pretende inspirar com boas histórias, que são contadas de maneira humanizada pelos moradores de dez bairros da cidade.

A cada duas semanas, uma região será o foco das pautas desenvolvidas pela equipe de jornalismo do portal, que produzirá, para cada região visitada:

  • Matérias especiais que serão publicadas no ACidade ON Campinas
  • Conteúdos interativos, que serão postados nas redes sociais do portal
  • Um mini documentário que será disponibilizado no canal do ACidade ON no YouTube.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -