Filhote de pastor belga é novo cão da GM de Campinas; veja fotos Filhote de pastor belga é novo cão da GM de Campinas; veja fotos

Filhote de pastor belga é novo cão da GM de Campinas; veja fotos

Animais acompanham operações, farejam drogas e armas, agem para proteção e defesa e atuam em atividades comunitárias

Swat é o novo cão-policial da GM de Campinas (Foto: Divulgação GM)

A Guarda Municipal de Campinas passou a contar com um novo integrante de quatro patas. O pastor-belga-malinois, nomeado de Swat, e é novo cão-policial da corporação. 

O macho, que tem apenas dois meses, já está no canil da Guarda Municipal e interagindo com os treinadores. Ele nasceu no dia 13 de maio e está desde o mês passado com a corporação. 

O canil tem mais sete cães policiais, sendo dois pastores alemães (Jin e Khorus), três pastores belga-malinois (Naruk, Cheddar e Flecha), um labrador (Polar) e um beagle (Bart).

Os pastores são treinados para farejar drogas e armas. O labrador e o beagle, por serem mais dóceis, além de pososuir faro apurado, também são empregados em atividades comunitárias, como os 'show dog', apresentações dos cachorros para crianças e instituições e eventos beneficentes.   

LEIA MAIS   
 
Cão 'se rende' junto com presos em flagrante em Hortolândia; vídeo
 
Bosque dos Jequitibás oferece interação com animais silvestres em Campinas 
 
Teleférico de Pedreira volta a funcionar após 20 anos fechado
 


SOCIALIZAÇÃO

Segundo a Guarda Municipal, no canil, o filhote está na fase de socialização. Segundo o treinador, o guarda municipal Bathuel Silva de Souza, Swat está aprendendo a conviver com outros cães e com as pessoas, para que ele cresça seguro e sem medo. 

'O Swat sai com a gente e com outros cachorros do Canil e anda no meio de pessoas. Já o levamos em praças e em locais de grande circulação de pessoas, como a Rodoviária e a Rua 13 de Maio', explica Bathuel. 

ROTINA

O trabalho ainda inclui apresentar para o cachorro alguns sons, como fogos de artifício e trovões, para que o animal se habitue a este tipo de ruído. 

'É um treinamento para minimizar a reação do cachorro a certos tipos de barulho que normalmente o assustariam. Isso é feito associando este estímulo a algo prazeroso, no caso, a comida', explicou. 

VEJA FOTOS DO SWAT: 
 



LEIA TAMBÉM  
 
Golpes na internet atingem programas de milhas e fidelidade

Mais Notícias

Mais Notícias