- Publicidade -
CotidianoMutirão de combate à dengue percorre 10 bairros neste sábado; veja quais

Mutirão de combate à dengue percorre 10 bairros neste sábado; veja quais

Metrópole anunciou fim do estado de emergência para a dengue nesta sexta-feira (14), mas ainda sim ações de combate a doença são necessárias

- Publicidade -

Após uma queda expressiva do número de casos, a Prefeitura de Campinas anunciou ontem (14) o fim do estado de emergência para a dengue na cidade. Porém, as ações preventivas continuam na metrópole e um novo mutirão de combate à doença será realizado neste sábado (15) em 10 bairros a partir das 8h.

O objetivo do mutirão é prevenir e combater a proliferação de possíveis focos do mosquito, como piscinas e caixas d’água, e conscientizar os moradores sobre o descarte correto de materiais que possam acumular água.

Veja os bairros atendidos:

Quais bairros serão atendidos pelo mutirão de combate à dengue neste sábado?

A pasta definiu 10 bairros que devem ter imóveis visitados por agentes de saúde e voluntários:

  • Jardim Rosália
  • Vila Réggio
  • Vila Francisca
  • Parque Residencial Beira Rio
  • Parque Residencial 7 de Setembro
  • Núcleo Residencial Boa Vista
  • Parque Universal
  • Vila Lunardi
  • Parque Shalon
  • Vila Renascença

O ponto de encontro das equipes participantes é a EMEFEI (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Educação Infantil) João Alves dos Santos, que fica na Rua Manoel Thomáz, 288, no Jardim Regina.

Como identificar os agentes de saúde do mutirão?

Os agentes do mutirão usam camiseta laranja com gola careca e logo da empresa silkado, enquanto o líder da equipe veste blusa verde com as mesmas características. A calça é da cor cinza, e todos devem ter crachá de identificação.

Em caso de dúvidas sobre a ação, os moradores podem pedir informações pelo telefone 199, da Defesa Civil.

- Publicidade -

Situação da dengue em Campinas

A Prefeitura decidiu, nesta sexta-feira (14), revogar o decreto de emergência por dengue. A mudança ocorre, segundo a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Andrea Von Zuben, em meio à queda no registro de novos casos.

Na prática, a revogação do decreto muda duas situações:

  • reestabelece processos administrativos, ou seja, elimina a celeridade nas compras de insumos
  • retoma repases financeiros e atividades de rotina

Apesar da revogação, a cidade segue em epidemia de dengue. A situação, inclusive, é a pior da história. Até esta sexta, 107.557 casos foram confirmados e 37 moradores morreram em decorrência da doença.

Por que revogar?

Segundo von Zuben, o monitoramento semanal de novos casos de dengue aponta uma queda de registros em junho. A redução foi causada pela chegada de temperaturas mais frias, completou a diretora.

O registro de novos casos aumentou constantemente do início do ano até atingir o pico nas semanas 15 e 16 do ano, em abril. Depois, houve um momento de estabilidade e, na sequência, queda.

A diretora afirmou que, ainda que haja calor, a temperatura mais amena no início e no fim dos dias reduziu a circulação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

“Nos momentos de maior atividade do mosquito, que é na manhã e no final de tarde, está friozinho, mudando a dinâmica de transmissão”.

E por que Campinas registrou tantos casos de dengue?

Von Zuben defende que as mudanças climáticas, especialmente pelo aumento do calor, e a introdução de três sorotipos que circulam na cidade explicam o crescimento de casos neste ano.

“Campinas especialmente é bastante quente e, além disso, a gente teve a introdução de três sorotipos, que a gente nunca tinha vivido”, afirmou.

Segundo ela, os diferentes sorotipos permitem que o mesmo morador possa ser infectado até três vezes.

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Campinas? Siga o perfil do acidade on Campinas no Instagram e também no Facebook

Receba notícias do acidade on Campinas no WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o link aqui!

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Campinas e região por meio do WhatsApp do acidade on Campinas: (19) 97159-8294.

LEIA TAMBÉM NO ACIDADE ON PIRACICABA

Foragido da Justiça, integrante de facção criminosa é preso em Santa Bárbara

Incêndio destrói fábrica de plástico e interdita trânsito em Limeira

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -