ACidadeON

cotidiano

México pode romper hegemonia no poder

MÉXICO/ELEIÇÕES

| Estadao Conteudo

Os mexicanos votam neste domingo, em uma eleição com potencial de transformação, que pode colocar no poder uma pessoa que promete acabar com a atual maneira de fazer política e negócios.

Mas seus rivais avisam que uma vitória do esquerdista Andrés Manuel Lopez Obrador pode levar o país a voltar décadas no tempo, com uma política econômica intervencionista. Eles também prometem combater a corrupção e trazer mudanças para o país. Além disso, todos os candidatos estão criticando as políticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra os imigrantes e o México.

Esta é a terceira candidatura de López Obrador à presidência e alguns consideram que esta é a sua melhor oportunidade, após 12 anos de campanha quase permanente. O discurso contra a "máfia do poder" que há muito governou o México e em favor dos pobres parece estar sendo bem recebido, com pesquisas mostrando-o com uma ampla liderança ante os três concorrentes que não conseguiram despertar o interesse dos eleitores.

"O regime corrupto está chegando ao fim", disse López Obrador, de 64 anos, também chamado de AMLO.

O México elege neste domingo um novo presidente e também renova a Câmara dos Deputados e o Senado.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários