Publicidade

mundodosbichos

Dia do folclore, como isso pode virar tema da sua aula de Ciências ou Biologia?

Você é professor/a de Ciências ou Biologia e já não sabe mais como abordar conteúdos de forma diferenciada?

| Mundo dos bichos -


Vamos concordar que os/as alunos/as aprendem de forma mais efetiva quando se envolvem com o assunto, certo?

E por quê não apresentar às turmas assuntos por meio de histórias?

O Dia do Folclore é uma ótima oportunidade pra isso. Comemorado em 22/08, ele traz aos/às educadores/as possibilidades de trabalhar as lendas como a do Boitatá, Mula sem cabeça, Iara, dentre tantas outras.

Deixo aqui a sugestão para que tais histórias sejam o ponto de partida para o estudo da zoologia animal, distribuição das diferentes espécies pelo país, suas relações ecológicas, classificação, etc.
 

A diferença entre protozoário e vírus 


As histórias podem ser contadas em aula e acompanhadas de imagens, pois elas tem o poder de prender mais ainda a atenção.

Ao instigar os/as alunos/as com as lendas, não se esqueça de fazer a relação com o conteúdo a ser trabalhado, além de informar como se dará a avaliação do que foi aprendido.

Envolver alunos/as é também tornar a todos/as parte do processo de aprendizagem, aí está a importância da informação sobre a avaliação posterior.

Quer outra dica? Registre todo o processo e, ao final, peça que façam relatos sobre como se sentiram e como entenderam que as lendas auxiliaram na aprendizagem.

Arrisco dizer que você irá se surpreender com os relatos positivos e garanto que nem Boitatá, Mula sem cabeça ou Iara irão se zangar! 

 


Mais notícias


Publicidade