Fuzil artesanal foi encontrado em uma oficina na zona Oeste de Ribeirão Preto (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Fuzil artesanal foi encontrado em uma oficina na zona Oeste de Ribeirão Preto (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Homem é preso por fabricar armas para o crime organizado em Ribeirão

De acordo com a Polícia Civil, arma era fabricada em uma oficina no Parque Ribeirão; durante operação, policiais encontraram 370 kg de drogas

Fuzil artesanal foi encontrado em uma oficina na zona Oeste de Ribeirão Preto (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 
A Polícia Civil prendeu um homem no início da tarde desta quinta-feira (4) acusado de fabricar uma arma que seria utilizada pelo crime organizado em Ribeirão Preto. Na casa dele, localizada no bairro Cristo Redentor, na zona Norte, os policiais encontraram 350 kg de drogas.

A arma, uma espécie de fuzil artesanal, estava sendo fabricada em uma oficina de motos no Parque Ribeirão, na zona Oeste. De acordo com o delegado da seccional de Ribeirão Preto, Sebastião Vicente Picinato, o mandado de apreensão foi cumprido após investigação da Polícia Civil.  

VEJA TAMBÉM  

Passageiro acusa motorista de ônibus de Ribeirão de agressão 

PF de Ribeirão prende suspeito em operação contra abuso sexual infantil

"Na fábrica apontada na zona Oeste encontramos armas sendo fabricadas e na casa do acusado aproximadamente 370 kg de drogas. A princípio ele se reservou no direito de permanecer calado e não ofertou qualquer resistência a prisão. Vamos aguardar a perícia para formalização da prisão em flagrante", disse em entrevista à EPTV.  

Já o delegado Ricardo Turra, responsável pelo caso, afirmou que as investigações indicam que o acusado estava fazendo armas para o crime organizado. "A intenção é fazer um fuzil. Uma arma artesanal, ele estava fabricando no momento, mas pode causar grande dano. É uma arma artesanal, mas ela tem sua efetividade", declarou.  

Na entrevista, ele ainda afirmou que a droga seria distribuída no município. "Ele estava guardando essa droga para outras pessoas. Nossa intenção é prosseguir com essa investigação para saber quem estava movimentando essa droga na casa dele, porque aqui dá para ver que ele estava apenas guardando", conclui.

LEIA MAIS

Influenciador digital é acusado de estupro por modelo

Mais Notícias

Mais Notícias