Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Cotidiano

Imagens captadas por câmeras de rodovias podem gerar multa

Na região de Ribeirão Preto, a Polícia Rodoviária já utiliza imagens fornecidas pelas concessionárias para aplicar autuações

| ACidadeON/Ribeirao

 

Polícia Rodoviária utiliza imagens desde o final de 2019 (Foto: F.L. Piton/Arquivo A Cidade)

A Polícia Militar Rodoviária já está utilizando câmaras de monitoramento de rodovias gerenciadas por concessionárias na região de Ribeirão Preto para aplicar multas aos motoristas. Uma central de monitoramento foi implantada na base da Polícia Rodoviária há dois meses, para que os agentes possam acompanhar se motoristas têm obedecido a legislação de trânsito.  

De acordo com o capitão Túlio Cesar Vancim de Azevedo, comandante da Polícia Rodoviária, a fiscalização foi possível em razão do aperfeiçoamento dos equipamentos utilizados pela concessionária no monitoramento do tráfego de veículos.  

"Com novas imagens, novos equipamentos, com tecnologia mais aperfeiçoada, nós estamos conseguindo fazer melhores imagens e melhores autuações", disse em entrevista para a EPTV. Segundo o capitão, os policiais estão de olho, principalmente, em casos de imprudência envolvendo motociclistas e, também, em relação a distância de segurança entre veículos.  

"O nosso policial consegue visualizar o momento da imprudência e elaborar a autuação", comenta. Vancim de Azevedo lembra que antes mesmo da central de imagens ter sido montada na base da Polícia Rodoviária, agentes já acompanhavam as ocorrências na central de operações da concessionária.  

Segundo André Bianchi, diretor de operações da Arteris/ViaPaulista, que na região administra a Via Anhanguera, o centro de operações que acompanha o tráfego de veículos existe há dois anos. Segundo Bianchi, a iniciativa tem objetivo de trazer mais segurança para os usuários da rodovia. "O foco principal é a redução de acidentes", disse.  

Em 2019, mais de 78 mil carros foram fiscalizados pela Polícia Militar Rodoviária na região de Ribeirão Preto. Ao todo, foram aplicadas 20 mil multas por falta do uso do cinto de segurança, 1,6 mil por embriaguez ao volante, 3,6 mil por ultrapassagem em local proibido e outras 8 mil multas foram aplicadas para motociclistas que cometeram irregularidades.  

Acidentes
Segundo o balanço anual da Polícia Rodoviária, houve queda de 9% na quantidade de acidentes no último ano, em comparação com 2018. Foram registradas 1.502 ocorrências entre os meses de janeiro e dezembro de 2019, ante 1.643 ocorrências no ano anterior (com EPTV).


Mais do ACidade ON