Aguarde...

Cotidiano

Vítima de ataque em Ribeirão já recebeu alta e está abalada

Mulher foi agredida com um pedaço de ferro enquanto caminhava pela rua Campos Salles, em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Mulher caminhava pela rua Campos Sales, na Vila Seixas (Foto: reprodução/Câmera de segurança)
 
A mulher atacada por um homem com um cano de ferro em Ribeirão Preto recebeu alta médica ainda na noite de quinta-feira (22). De acordo com familiares, a vítima teve ferimentos externos na cabeça. Ela foi agredida enquanto caminhava pela rua Campos Salles, na Vila Seixas.  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
Em contato com a EPTV, a irmã da mulher afirmou que a gerente de 31 anos ainda está muito abalada e à base de medicamentos. Na emergência do hospital, ela recebeu tratamento e foi liberada no final da noite, após a realização de uma tomografia.  

Uma das pessoas que ajudaram a socorrer a vítima, a auxiliar técnica Loraine Mattar disse que a mulher não chegou ficar desacordada após o ataque. "A hora que eu cheguei ela já estava virando. Ela não chegou a ficar desacordada. Não entendia que alguém tinha batido. Ela falava bateram em mim?. Ela não entendia", disse,  

A Polícia Civil apura o caso como tentativa de homicídio qualificado e feminicídio. O agressor foi preso em flagrante. Ele seria morador de rua e tem 26 anos de idade. Segundo o boletim de ocorrência (BO) registrado na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), ele teria dito a seguinte frase após o crime: "mulher não deve comandar esse país" (com EPTV).  

Leia mais:
'Mulher não deve comandar esse país', diz homem após agressão


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON