ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

Isaac trocou o serviço Limpe Seu Nome por votos, diz ex-assessor

Vereador afirma que Muda Ribeirão era um movimento social, que ajuda os moradores de bairros carentes

| ACidadeON/Ribeirao

 

 

 

Isaac Antunes fala à Polícia federal (Reprodução EPTV)

"Isaac Antunes trocou o serviço Limpe Seu Nome por votos". A frase é do advogado Renato Buosi, que esteve ao lado de vereador durante o ano de 2016, quando ocorreu a última eleição municipal. Renato foi secretário do PR (Partido da República), mesmo partido de Isaac. Ele também trabalhou no gabinete do vereador durante os três primeiros meses de 2017.  

O ex-assessor garantiu que Isaac conheceu todos os advogados denunciados na Operação Têmis. "O Muda Ribeirão (movimento de Isaac) recolheu assinaturas junto com esses advogados afirmando que o nome das pessoas seria limpo. O Isaac conhecia todos eles. Eram amigos", garantiu.  

Os advogados denunciados na Operação Têmis, citados pelo ex-assessor, são Renato Rosin Vidal, Klaus Philipp Lodoli, Gustavo Caropreso Soares de Oliveira e Angelo Luiz Feijó Bazo. Todos estão presos.  

Buosi disse que conheceu Isaac através do pai dele, o político Luiz Joaquim Antunes (PR), ex-superintendente do Daerp. "Foi ele que me apresentou Isaac no início de 2016. Na época, o vereador já tinha criado o Muda Ribeirão", explicou o ex-assessor.   

 

 

 

Outro lado

O A Cidade procurou Isaac Antunes para ele se manifestar sobre as acusações do ex-assessor. O parlamentar, porém, não respondeu aos questionamentos. Em reportagens anteriores, o vereador disse que o Muda Ribeirão é um movimento social que presta serviços para moradores de regiões carentes.

Caso

O parlamentar é investigado pela Polícia Federal por suposto crime eleitoral em 2016. Ele teria usado o movimento Muda Ribeirão para obter votos através da promessa de limpar o nome das pessoas.

Os cadastros feitos pelo Muda Ribeirão ainda foram utilizados pelos advogados denunciados na Operação Têmis para a abertura de ações fraudulentas. A estimativa é que mais de 50 mil ações causaram um prejuízo superior a R$ 100 milhões. Os denunciados negam as acusações.

LEIA MAIS: Nomes de inscritos na caravana de Isaac Antunes foram usados em fraudes  

Câmara nomeia relatores para investigar Marmita e Isaac
 

 

 

Temos uma tonelada de documentos sendo avaliada pelo Ministério Público e pela Polícia Civil. Não estão descartados novos indiciamentos - Promotor Criminal Aroldo Costa Filho responsável pela Operação Têmis (foto: Weber Sian / A Cidade)

Entenda o caso 

 

 

 

- Do que Isaac é acusado?  

É acusado de crime eleitoral, por ter, supostamente, usado o movimento Muda Ribeirão para obter votos. O vereador, quando pré-candidato, percorria os bairros oferecendo serviço para limpar o nome das pessoas de forma gratuita. Há um entendimento que com isso ele ganhou inúmeros votos.

- Quem investiga Isaac?  

Isaac está sendo investigado através de inquérito da Polícia Federal (PF) por suposto crime eleitoral. O pedido de apuração foi feito pela Justiça Eleitoral com base na Operação Têmis. A Câmara de Ribeirão Preto também vai investigar o caso através do Conselho de Ética.

- Isaac é denunciado na Operação Têmis?  

Não. Isaac, até o momento, não foi formalmente investigado pela Têmis. Ele também não está entre os dez denunciados pela promotoria à Justiça.

- O que diz Isaac?  

O vereador nega. Ele alega que o Muda Ribeirão é um movimento social que percorre os bairros de Ribeirão Preto ajudando as pessoas com vários serviços gratuitos.  

 

 

 

Isaac Antunes fala à Polícia federal  

 

 

 

O vereador Isaac Antunes (PR) esteve ontem de manhã na Polícia Federal prestando depoimento sobre um suposto crime eleitoral ocorrido na eleição de 2016. A investigação foi solicitada pela Justiça Eleitoral e é baseada nas informações levantadas pela Operação Têmis. A
PF não deu detalhes sobre o teor do depoimento.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também